Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

DISTANTE DO MAL



Conjuntos dos Painéis Cadinho RoCo, uma bela dica pra presentear quem gosta de arte, a preços bem interesantes
Este texto está fora de ordem
porque ficou esquecido
DISTANTE DO MAL
     Não tenho a menor dúvida do quanto é ruim estar diante de quem cultiva o mal, ainda que sem perceber isso. Sim, porque existem pessoas que carregam consigo o negativo de tudo, que por razão qualquer não conseguem otimizar uma conversa, ainda que num ambiente festivo.
     Entendo haver aí processo delicado em que o rancor vai, com toda sutileza, ocupando o espaço da compreensão, da concórdia e em última instância, do amor. Gente que não carrega consigo a constante valorização do amor, não consegue ser amor, não consegue ter amor em sua própria essência. E isso cria conflito, desavença e, por consequência, o mal que passa a desprezar o bem que faz estarmos de bem com a própria vida.
Belo Horizonte, 21 agosto 2013
FALSA PARTIDA
     Imagens retidas na lembrança. Uma imagem a vagar pelo pensamento solto em suas mais espontâneas emanações.
     Carinho. O querer exalado pela liberdade do sentimento exposto ao seu mais vivo gesto. Assim transpira o encanto de tão viva presença a permanecer com vida e presente na lembrança. Espécie de sonho a emancipar a realidade para sentido mais profundo de sua própria razão de ser. São valores perdidos no tempo e espaço de atitudes e condutas a não conseguirem do acreditar mais que simples e rudes evidências. Seres agidos por meros interesses a não conseguirem ser mais que passos incertos e precários.
     Uma imagem que parte sem partir. Despedida transpirada por sentimento a dispensar palavra e gesto.
     E quando não vamos embora?
Belo Horizonte, 15 outubro 2001

5 comentários:

Ritinha disse...

Amigo, gostei do painel P18, perfeito!
Quanto as pessoas que nos transmitem sensações ruis... Vixe!!! conheço muitas delas, as chamo de "vampiros de almas", sempre a negatividade assolando as suas vidas... Mas comigo, saio de fininho e fico com a minha alegria de viver, de amar intensamente e aproveito o bm da vida...
bjs e excelente final de semana
Ritinha

Bell disse...

Tem pessoas que pelas provas da vida se tornaram amargas. E por onde passam transmitem esse aroma.
Mas ainda bem que existe tb o oposto.

tenha um maravilhoso fds =)

Carla Ceres disse...

Oi, Cadinho! Preciso pensar a respeito do assunto que você abordou hoje, pessoas que cultivam o mal sem perceber. Conheci gente assim, mas não consegui compreender o que estava acontecendo. Agora vou prestar mais atenção. Abraço!

Célia Rangel disse...

O humano e suas manifestações, a essa altura da minha experiência de vida, já não me assusta mais. Quando destoa do meu modo de pensar, afasto-me...
Abraço, Célia.

Regina Magnabosco disse...

É preciso ter cuidado com quem cultiva o mal. Qando não for possível ignorar ou se afastar, é preciso tentar transformar.
Abraço, Cadinho!