Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

SEM ÁLCOOL



SÉRIE XAMÃ

FOLHETOS CADINHO ROCO

SEM ÁLCOOL

     Eu e Xamã gostamos de ouvir rádio. Conversamos sobre o noticiado, trocamos ideias. Nesse clima Xamã aparece com indagação intrigante após ouvir notícia relacionada à produção das cervejas ditas artesanais.

     Será que nenhum produtor de cerveja artesanal despertou para a pertinência da produção dessas cervejas, sem álcool?

     Numa outra reflexão eis que induzido sou a outra indagação:

     Será que profissionais que realizam festas, encontros, coquetéis e celebrações equivalentes ainda não acordaram para a pertinência de servirem cerveja sem álcool como opção para os convidados?

     Diante da realidade que estamos nela, bebidas alcoólicas passaram a representar muito mais problema do que solução, sobretudo para os motoristas, porque não temos serviço público de transporte que garanta eficácia a quem necessita de recorrer a ele.

Belo Horizonte, 02 dezembro 2014

LUA LINDA

     Passou por aqui em meio a viagem exaustiva. Vinha do litoral fluminense, seguia para capital da república. Brasília lá longe, chão que não acaba mais.

     Cruzamos por instante rápido. Ela alegre disposta pronta para partir. Rumos distintos distantes. Quando veio a noite, saí com cavalo Noturno por essa outra viagem definida por tempo indefinido. A lua estava linda.

Belo Horizonte, 14 março 2006

2 comentários:

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, a solução passa por constituir uma empresa de serviços para transportar quem consome álcool, como existe em Portugal.
AG

Morning Dreams disse...

Eu concordo que deveriam dar mais importância e reconsiderar a cerveja sem álcool :)

MORNING DREAMS

Sofia Silva*