Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 16 de abril de 2015

DESPIDA



SÉRIE XAMÃ

FOLHETOS CADINHO ROCO

DESPIDA

     A verdade tarda mas não falha, se é que tarda mesmo. Tudo tem seu tempo e quem sabe faz, quem não sabe fica tentando fazer.

     O fato da governanta dizer que acompanha “atentamente” o movimento das ruas e nada significa a mesma coisa, posto estar ela, por ela mesma, despida de governo.

     A rainha está nua.

     Xamã, estupefato, respira com sua língua pra fora da boca.

Belo Horizonte, 16 abril 2015

DIANTE DE MIM

     Diante do tecido liso imagino formas. Surge o desejo de conhecer aquelas pernas, ai como serão elas?

     Não é hora de pensar nisso, penso comigo diante do tecido liso, camiseta que quero pintar para vender ganhar dinheiro sobreviver. E depois ter como conhecer aquele corpo, como será ele?

     Pare com isso que mais parece tara incontida.

     O pincel umedecido pela tinta esparrama cor no tecido liso camiseta diante de mim. E aquele ventre despido em meu desejo.

     Tremo no traço que assim vai desvendando o movimento deste sentir frente ao corpo que desconheço, ela tão perto e distante da camiseta aqui, bem diante de mim.
Belo Horizonte, 08 maio 2007

3 comentários:

lua singular disse...

Oi Cadinho,

Quer pintá-la pra deixá-la mais bonita?
Ela nunca foi feia, mas sabe nadar bem
Beijos

Bell disse...

Tudo anda complicado demais né?
Vamos aguardar..

Um lindo dia pra vc =)

Nádia Santos disse...

Nem quero saber dessa governanta, que se faz de santa, mas é uma devassa, corrupta. Mas dessa camiseta... bom imaginar...
Xero e boa tarde.