Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 11 de maio de 2015

DISCUTÍVEL



SÉRIE XAMÃ dos

FOLHETOS CADINHO ROCO

DISCUTÍVEL

     O mundo está cheio de gente enganada. Tem muita gente enganando muita gente por aí. É muita enganação a fazer com que não sobre uma testemunha sequer, capaz de se ver livre do engano.

     O que diz ter sido assim é visto com desprezo pelo outro. Diante das evidências toda comprovação não passa de detalhe a ser mais bem averiguado porque o que é assim não é bem assim.

     E assim é que vamos todos conversando ou sendo levados na conversa porque na realidade, a realidade é muito discutível.

     Xamã não entende e nem quer entender mais nada.

Belo Horizonte, 11 maio 2015

SEIS DA MANHÃ

     Sempre penso naquilo que está por acontecer. Nenhuma previsão nada disso. É o que espero de cada dia, é o que entrego à certeza de que se posso acreditar, posso realizar.

     Acordo dia escuro e saio em meio ao frio lua cheia num céu que já sente presença vizinha do amanhecer. No caminhar só meu, silencio de casas pessoas dormindo. A cidade em seu despertar mostra paredes e ruas a sentirem o nascer da claridade.

     Vou só comprar pães que sei ficarem prontos nesta hora quase seis da manhã. Já de volta pra casa, dia faz-se claro. Mas neste momento o tempo parece impregnado de sugestões.

     Penso no que quero que aconteça. Cheiro de café passado agora mesmo pela água fervida.

     Penso no café e no pão do que quero que aconteça.

     Para acreditar é preciso acreditar. 
Belo Horizonte, 04 agosto 2007

5 comentários:

Graça Pires disse...

Como dizia a minha mãe: anda meio mundo a enganar outro meio...
Gosto quando fala: "Para acreditar é preciso acreditar. "
Um beijo.

Bell disse...

Difícil né Cadinho mas fazer o que?

CÉU disse...

Olá, cadinho, k é muito!

Gostei muito dos trocadilhos inteligentes k você estabeleceu com o verbo enganar, mas se Xamã não entende, imagine a Céu!

Seis da manhã, e um dia inteirinho pra viver ao sabor do pão e do café, quentinho, acabadinho de fazer, por ela, preferencialmente.


Tudo de bom, ou quase!

Manoel José de Santana disse...


Obrigado amigo (a). Estou fazendo uma visita ao teu Blog. Meus parabéns pelos teus trabalhos e sucessos. Abraço de Manoel Limoeiro. Recife PE.
'

http://grupounidoderodafogo.blogspot.com.br/

Recife, 11 de maio de 2015.


Ana Freire disse...

Entre ser enganado, ou enganar alguém... mais vale nem querer ficar sabendo de nada, mesmo... nada como ficar de bem com a nossa consciência... só isso nos deve pesar nela... por ser um fardo bem leve...
abraço
Ana