Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 11 de outubro de 2009

DA VIDA

Mais um conjunto de peças pinturas a óleo sobre telas, painéis que dispensam moldura e que formam conjunto então exposto em foto, Imagem da Noite. Peças disponíveis para venda, entrega em qualquer lugar do Brasil, via SEDEX.

DA VIDA

Tudo arrumado visto pensado para viagem ida a Grussaí início de odisséia que quero fazer farei na busca do que quero irei encontrar. Se lá ou em qualquer outro lugar não sei. É o início do início mar que desemboca para o mundo do estrangeiro distante.

Viagem na tela painel que pinto, discurso de imagem na abstração do mar, da viagem, do dia, da noite, do mundo, da vida.

Belo Horizonte, 11 outubro 2009

ACORDEI BOBO

Passei sim por silencioso dissabor fui dormir também porque não tinha com quem falar e lá pelas tantas acordei possuído por aquela sensação tão silenciosa quanto eu. Era evidente tratar-se de dor inevitável, melhor a fazer foi mesmo permanecer quieto. Se ela passou por mim ou se fui eu que passei por ela, não importa.

Não voltei a dormir logo porque sei da troca de pensamentos despertados no escuro quente da noite sem chuva. O corpo meu corpo esticado ali comigo eu só eu e meu pensar no que de fato entupiu meu coração de angústia. Será que eu podia ter morrido?

Acordei bobo ainda meio triste mas alegrado pela saudação dos peixes sabedores da ração que surgia da minha presença. Alimentei-me com a disposição deles e lembrei que do amor tenho mais para gostar do que qualquer tolo desgosto

Quer saber? Morrer não morri não, mas para que eu apareça lá de onde colhi o que em mim trouxe dor, será fácil também não.

Belo Horizonte, 12 fevereiro 2008

14 comentários:

Simplesmente Nique disse...

gad apor visitar meu blog! Volte sempre! bye bye

Elaine Barnes disse...

Muito bom! Falava de morte com o Everson Russo agora a pouco. Temos outros corpos também. Por vezes intuitivamente ou espiritualmente precisamos morrer em algum aspecto para que o "novo" tenha espaço para entrar. Resistimos e o corpo responde. Seja lá o que for que sentiu amigo, fico feliz de continuar aqui despertando minha manhã solitária de domingo. Obrigada pela cia. Gde beijo

Norma Villares disse...

Tem selinhos pra você. Abraços

Cris disse...

Oi, Cadinho,

Depois de uma alongada sem blogosfera, volto. Revisito amigos, mato saudades.Tudo bem contigo?

Anita "Menina-Flor" disse...

Que bom que estás vivissimo!! Com certeza, é um sinal de vida, de atenção.

Ótimo domingo.

Confesso disse...

Deliciosa leitura... Sempre muito bom voltar aqui...


Beijso confessos...

Neiva disse...

Cadinho,

Entendo perfeitamente esta dor, este morrer que menciona. Volta sim e novo e revigorado. Gosto de ler você, gosto da sinceridade e da simplicidade que transmite.

Bom domingo. :DD

☆ Sandra C. disse...

tuas cartas têm tom de conversa.

'será fácil também não..'

gosto dessa frase.

Sandra Botelho disse...

Que tamanho terá a tua e a minha dor? Se medidas fossem, talvez sem medidas se tornassem,
E essa dor que é cor de preto ou pranto tanto faz...
Faz do sorriso inverso, contrario ao que a dor traz.

Eu amei seu cantinho, estarei caminhando por aqui...
Beijos meus...

Solange Maia disse...

Com você só combina VIDA.

E celebremos então !!!

beijo

Teresa Cristina flordecaju disse...

Entendo dessa morte... E sei como dói senti-la... vejo-a nas horas caladas da noite de insônia... A lua parece saber de meu interior nesses momentos, pois teima de bailar em cores na minha janela e me sussurrar que sou boba!... Então abro uma janelinha no coração e deixo um filete de luz me sorrir!... Com se isso bastasse, eu vou dormir e sonhar que tudo não passou de um sonho. Beijos. Teresa.

Conceição Duarte disse...

Cadinho que bom te ler nesse último post ( desta vez ) Outros virão certamente para nos deleitar de prazer... Muito bom vc estar entre nós... As vezes morremos um pouco, mas assim como nossos ossos... voltamos a viver!!! E a vida é bela, acredite!!! E vc pinta e escreve muito bem!
E feliz dia da criança!
bjus e meu carinho, CON

JuJu disse...

Você pinta até enquanto viaja? Deves mesmo gostar do que faz!
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

myra disse...

sempre interessante e tao bem escrito!
um grande abraço,