Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 10 de outubro de 2009

SER SECRETO

Abro convite sugestão para que apreciem fase que estou nela com relação à pintura dos painéis suscetíveis a montagens não menos interessantes, como as que resultam em conjuntos que apresento em fotos. Todas as peças estão à venda e com possibilidade de entrega em todo território nacional, via SEDEX.

SER SECRETO

Vou a Grussaí por motivos que se estendem a outros, a começar pelo começo do meu viver, minha origem, meu pai que nasceu naquela região.

Vou a Grussaí por conhecer e reconhecer a força que há naquele lugar e que se identifica comigo.

Vou a Grussaí porque desde muito cedo em minha vida aprendi a perceber nuances daquele lugar, daquela praia, daquele mar.

Vou a Grussaí porque lá não é só uma praia, ou local para férias e temporadas de veraneio.

Vou a Grussaí porque lá é um lugar que tem a ver comigo, com o que faço e com o que sinto, com o que trago vida afora até em situação que hoje percebo estar em meu ser secreto.

Belo Horizonte, 10 outubro 2009

CONTRADIÇÃO

As camisetas que pintei foram todas embora, sensação esquisita porque é muito provável que eu nunca mais possa vê-las. Lembrei-me de quando convivia com Maria Helena, artista plástica de ótima conversa. Certa vez disse-me sentir saudade das telas que pinta. E existem quadros dela que ficam com ela que não vende por dinheiro nada desse mundo.

Pois comigo trabalho o desapegar porque na vida tudo passa. Aí lembro da amada, saudade vontade de estar com ela agora neste instante, sem poupar desprezo ao desapegar.

Dá pra viver sem contradição?

Belo Horizonte, 03 fevereiro 2008

9 comentários:

HSLO disse...

Vou olhar todos com carinho e atenção amigo.

abraços.

Te desejo um ótimo final de semana.

Hugo

Elaine Barnes disse...

Não sei aonde é Grussai,mas, sinto que é importante estar com as raízes, nutrindo o ser pra reabastecer. Contradição faz parte do nosso cotidiano né amigo? Saudade só sente quem amou e mesmo se não amar mais, aquela coisa boa ficou. Quem nunca amou sente saudade até do que poderia ter sido e não foi rs... Te gosto amigo, bjs e grata pelas visitas.

Delirius disse...

Não dá p'ra viver sem contradição sempre que viver é coisa intensa, do coração.
Beijo

Mahria disse...

Embora eu saiba q na vida tudo passa, sempre é difícil para mim desapegar, até mesmo de coisas e situações q não me fazem bem. Viver sem contradição? Não dar, sou totalmente contraditória.


Bjs
Obrigado pelo carinho da visita.

Mah

Jeannie D. disse...

Nem me diga, tenho saudades até hoje dos trabalhos de artes que presenteei...
Viver sem contradição, é negar a evolução.

Anne Lieri disse...

Cadinho,essa contradição é boa porque suas camisetas são como meus livros pra mim,um pouco filhos!E sua amada?Maravilhoso sentir saudade e querer estar perto!Tenha um ótimo final de semana!Abraços,

Carla disse...

Alô Cadinho
vim agradecer a visita...
também fiquei curiosa pois não sabia onde ficava Grussaí, mas nada que o google não ajude né? bonita praia!!
um abraço ;)

Conceição Duarte disse...

Cadinho meu lindo!
A vida por si só já é uma grande contradição, não é? ENfim, estamos aqui e temos que tocar o barco.. rsrsr
Saudades e super beijo pra vc!!
CON

Clecilene Carvalho disse...

Pois é... Não há como não haver contradição! Queremos ficar, mas não abrimos mão da liberdade; queremos o amado(a) do lado, mas as vezes queremos ir para longe; apesar de saber que é nas pequenas coisas que se encontra a verdadeira felicidade, ficamos o tempo todo em busca feitos grandiosos... contudo somos contraditórios por natureza.

Ps: obrigada pelo comentário!