Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 21 de novembro de 2009

NÃO DÁ MAIS

Tem dia que a paciência fica estreita

NÃO DÁ MAIS

O que quero e de uma certa forma preciso de dizer com toda franqueza é que não dá mais para dar ouvidos a quem não reconhece o que faço, crio, escrevo. Não dá mais para participar de festejos só porque sou solícito e bonzinho. Não dá mais para ouvir o que não quero e ficar quieto na ilusão de que assim depois serei visto e respeitado pelo que sou e faço. Não dá mais para fingir que está tudo bem quando não estou onde quero estar.

Por isso vou para Grussaí, não na ilusão de que conseguirei tudo que ambiciono por lá, porque também não é bem assim. Mas é que vivo situação semelhante à de Grussaí que se não for lugar visto com devido respeito, poderá sofrer consequências sérias demais.

Belo Hor1zonte, 21 novembro 2009

PRECISO ENCONTRAR

Coloco-me sempre diante do mar mais extenso que eu. Mas vou mais longe e mesmo sem entrar nele percebo efeito de mergulho por demais profundo. É daí que busco imagens que pinto em camisetas que preciso vender para não acabar com viver vendido por delírios que já não quero viver. A marola suave traz um estar sem vento e calmo na praia piso dessa areia toda esparramada pela natureza. É dela que busco a textura que dou ao que pinto em camisetas que preciso vender, porque cobram de mim dinheiro que preciso encontrar.

Belo Horizonte, 27 outubro 2008

8 comentários:

Daniel Savio disse...

Huhum, pelo jeito você está precisando de férias...

Poesia bonita sobre o mar...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Sandra Botelho disse...

Sinto uma ponta de mágoa nas suas palavras amigo.
Infelizmente não podemos ser solicitos todo tempo.
Passamos as vezes por "bobos". Porque o mundo é dos fortes, dos que se impoe por metodos nada corretos, então quando veem pessoas agirem dignamente, logo as rotulam de bobinhos, bonzinhos, tipo: Ah fala com fulano que ele faz ele é bonzinho.
Acho que devemos sim agir com dignidade e carater, mas não ser bonzinhos demais.
Infelizmente o mundo é assim.
E quanto a sua arte, saõ lindas...
Faça-as para vc, com o amor que sempre faz. E que se danem os outros.
Bjos no coração!

luluonthesky disse...

Ignore comentários maldosos e siga seu caminho.
Big Beijos e bom de fds

Mariana disse...

É isto aí, quando não gostamos de algo ou de uma situação, não precisamos suportá-la, se for preciso dar um basta, partir...é isto que deve ser feito.
A vida é uma só,os momentos não voltam, então que eles sejam sempre os melhores.
Adorei passar por aqui.
bom fim de semana.
bjs

Ava disse...

Se fores para Grussaí, com quem vou varar as magrugadas em longas conversa de botequim...

Com quem vou beber cerveja no posto de gasolina, dia quase amanhecendo, e encontrar um casal apaixonado que nos convida a brindar com eles...rs

Com quem vou ao bar do Alexandre e da Paula, tomar cerveja e encontrar aquela turma maravilhosa...


Com quem?rs

Vou ficar muito triste!

Beijos!

Nany C. disse...

pense que muitos gostariam de estar fazendo o que vc faz...
infelizmente existem pessoas que não se capacitam e apenas invejam...


Um ótimo fim de semana Cadinho... deixa Deus cuidar desses...

Beijos no teu coração!

Anônimo disse...

Passei prá deixar um abraço.
Som3eCia

Dead Lindsae disse...

Caramba, como eu te entendo!

Você tira uma obra do seu mais íntimo, coloca todo seu amor nela, para que esta acabe sendo recebida de maneira indiferente...

Digo, sempre, que não há dor pior ou humilhação mais profunda do que oferecer as melhores flores do seu jardim para que apenas a apreciem, olhando de esgueio...