Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 6 de dezembro de 2009

NEGÓCIO FECHADO

Bom negociar com quem entende do assunto

NEGÓCIO FECHADO

Do jeito que estão todas as coisas não dá para confiar em bicicleta nova, é preciso revisar lubrificação delas.

- Mas e aquela tal azulzinha reformada?

Da pergunta Senhor Chico já muda expressão e diz que aquelazinha ali ele garante porque tá toda montada por ele, peça por peça. Está toda lubrificada e pronta para uso. Mais um pouco e negócio fechado, compro a bicicleta, mas com selim mais confortável, o que está nela não dá.

Senhor Chico diz que troca selim sem alterar custo delazinha e assim é que animado peço ainda que dê ao selim aquele plástico com emblema do Flamengo.

Selim trocado negócio fechado, mas Senhor Chico diz que devo levar tranca de segurança para impor respeito e não facilitar ação de ladrões soltos por aí.

Belo Horizonte, 06 dezembro 2009

ABSTENÇÃO

Abstenção, abstinência, ato de privação voluntária. Mas e quando não queremos ser privados, como escapar da abstinência? O melhor caminho, será mesmo o de evitar a abstenção.

Da crueldade do instante, o engano que salta em golpe fatal. Aí, o anúncio da abstenção de quem não quis a abstinência. O que parecia impossível, apareceu com toda intensidade.

Dos enganos, os desenganos. Se existe o momento do cochilo, o momento do despertar também existe. O ato falho diante do espanto. O desespero do não esperado.

O equívoco poderá estar exatamente na mais nobre discussão da certeza.

Belo Horizonte, 09 maio 1998

13 comentários:

Juliana Migliorati disse...

Nossaaaa... To precisando de uma privação voluntaria de tanta coisa! hehehe...
Beijinhos Cadinho uma ótima semana p/ vc!

HSLO disse...

HAAAAA....gostei.


abraços


Hugo

Anuska disse...

Privo-me de pouco, mas também sou pessoa simples de poucas exigências.
E agora com a bicicleta nova pode trazer-nos mais histórias dos percursos feitos com ele. Resto de bom domingo.

Elaine Barnes disse...

Negociar é a alma do negócio rs...Amigo, obrigada por partilhar o niver do blog. Essa troca é mágica não é? Ficamos felizes com a simplicidade dos gestos de carinho. Que bom que gostou de ver seu link na "árvore bloguealógica"!Obrigada por tudo! bjão e boas voltas de Bicicleta

Graça disse...

Cadinho,

vi que passou a seguir-me, e vim conhecê-lo mais de perto...
Também vi que ´tá chovendo um cadim aí em belzonte, né mesm?', cidade que eu amo por demais, sô!

É que antes de comentar, fiz o famoso 'tour' pelo seu blog, examinei suas telas e li seus textos mais recentes.
Para poder dizer com propriedade e admiração que são realmente excelentes suas produções!!
Belíssimas e agradáveis. Parabéns!
Já te sigo.

E quanto a privar, abster-me de algo, sou fera nisso...hehe.

Um grande abraço, e nos vemos, antes da Noite Feliz. De qualquer forma, desejo a você que o nascimento se faça acontecer do jeito que você falou no meu blog: dentro do seu coração.
Sempre, sempre, sempre.

Ana Luiza F. disse...

Se existe o momento do cochilo, o momento do despertar também existe.
Achei esta colocação simplesmente bárbara! Parabéns Cadinho e bom domingo.

rouxinol de Bernardim disse...

Cadinho... está bem observado|!

Sandra Mara disse...

Ah! Nossa vida já é tão curta, pq então nos privarmos de coisas q nos
farão bem e q fatalmente servirá como lição de vida futura para nossos entes tão queridos, né?
Passando para desejar-lhe um FDS iluminado e abençoado...
Seu cantinho continua lindo, como sempre!
Beijos!!!

Eduardo Cseny disse...

a bicicleta usada nova é um show, mas esse cilim com capa do flamengo estraga tudo! rsrsrs
Bom domingo!
Um abraço!

Bergilde Croce disse...

Olá,agradecendo sua visita lá nos 'cuccioli' e encantada com seu trabalho e registrações.Parabéns!Não consigo me privar de fazer um elogio quando meus olhos gostam do que vêem.Abraços da distante Itália,Bergilde

sonho disse...

Gostei da observação...
Beijo de um anjo

Tania Girl disse...

legal d+++++++++++++++++!!!!
bjus

Brazilina disse...

Estava acostumada às crônicas dos livros, passando por aqui e lendo as tuas, senti uma leveza tão grande...uma delícia ler algo simples, tão próximo do nosso dia-a-dia. Parabéns por tua capacidade de percepção.
Beijos e ótima semana.