Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

EIS O MOMENTO

Continuamos com o problema da liberação dos comentários via Blogspot

EIS O MOMENTO

Chega um momento que não dá mais para brincar com a vida. Chega um momento que é preciso ter a consciência do querer bem acordada e pronta ao nosso agir. Chega um momento que somos buscados por nós mesmos sem termos mais como alimentar orgulhos e vaidades infantis em que por força do capricho nutrimos tantas recusas bestiais.

Não dá para simplesmente sairmos por aí culpando o mundo do que de fato deixamos de fazer. A nossa capacidade de superar o adverso e de reverter a desavença é enorme e fica maior ainda quando então percebemos que pelo amor podemos mais.

João da Barra ainda acrescenta a esse dizer a afirmação de que a vida sem amor não consegue escapar dos seus próprios conflitos.

Belo Horizonte, 05 janeiro 2010

ENCONTRO PERDIDO

Procurei até cansar. Deu sono, dormi. Acordei com a caneta em minha lembrança, perdida na ânsia daquela procura. Dos bolsos, o vazio. Da mesa, papeis e objetos alheios e distantes da caneta que simplesmente desapareceu. Da última vez que usei-a, o inconformismo do gesto seguinte fugido da memória.

Tenho outras canetas. Mas a sensação descrita pela ausência daquela caneta é de pura inquietação. Procuro a paciência da aceitação. Quem sabe, mais tarde, a caneta aparece, tal como desapareceu. Ela poderá estar agora na antecedência do inesperado. Para tanto, devo antes, afastar a esperança de encontra-la. Fujo por uma função qualquer. Quando menos espero, eis a caneta na lembrança. Será melhor esquece-la?

Belo Horizonte, 15 janeiro 1999

10 comentários:

Casal do Arrocha disse...

Cadinho amore, saudades de vc!
Um Feliz 2010!
Bjs.

Natália disse...

Obrigado pela visita.
Estou a gostar de ler o seu.
Um abraço e volte sempre.

Reflexo d Alma disse...

Feliz 2010,
pra frente sempre
entre sonhos e delírios

...Entre

...Entre o
tudo e nada há uma
lacuna,
porém
nós somos o meio
e podemos transformar
toda e qualquer
realidade ;
basta querer... Reflexo d'Alma

Bill Falcão disse...

João da Barra sabe das coisas!
Aquele abraço!

Mariana Dore disse...

Chega um momento mesmo... perfeito esse post!
Vou usa-lo como inspiração para o meu próximo!

;D

Lídia Borges disse...

Gosto do que aqui leio.

Bonitos textos, na forma e no conteúdo.

L.B.

Tatá R. da S. disse...

Respirar é bom.

Jana Barreto disse...

Olá! Muito obrigada pela sua visita.
Adorei o texto 'eis o momento', me vi dentro deste momento agora. ^^
Beijos.

Elaine Barnes disse...

É isso. Com amorosidade as coisas se resolvem na calma. Qualquer conflito fica menor aos do amor.A realidade a gente cria e só nós podemos mudá-la. Então...Melhor por amor do que na dor. bjão amigo

Daniel Savio disse...

Mas é melhor que não percebamos que podemos mais com amor, mas sim que façamos mais por amor...

Cara, também perco as coisas, mas uma hora eu acho.

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.