Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 10 de janeiro de 2010

TIA ANITA

Registro pesar pela morte da querida Tia Anita que um dia, após a morte do meu pai, disse ser eu o oitavo, tratamento gracioso como fosse eu um oitavo filho dela e do meu não menos querido Tio Gervásio.

TIA ANITA

Posso dizer que em vida conheci uma santa.

João da Barra pondera e diz que em princípio nascemos todos santos. O que acontece é que por força da liberdade que nos é concedida, crescemos e no mais das vezes nos afastamos da santidade.

Mas, digo que em vida conheci uma santa ao fazer referência à Tia Anita que faleceu neste 9 de janeiro. Mulher de postura mansa e sábia, que passou pela vida fiel aos seus princípios, ao seu marido e aos seus 7 filhos. Que quando exigida pela saúde abalada se manteve firme e presente ao seu marido debilitado e todo dependente dela que deu prova viva de um amor firmado pela fé inabalável.

Tia Anita é exemplo de quem passou pela vida para amar e deixar o registro de que é pelo amor que conseguimos ser grandes, fortes e dignos de sermos lembrados sempre.

Belo Horizonte, 10 janeiro 2010

MAR...

O mar ia

E vinha.

Sua vinda

Minha ida.

O mar ia

Trazendo a mim

Sua vinda

Minha ida.

O mar ia

Levando minha vida

Trazendo sua vinda.

O mar ia

Amar ia

Sua vinda.

Belo Horizonte, 23 Fevereiro 1999

10 comentários:

Daniel Savio disse...

Meus pêsames Cadinho...

No final da contas, só podemos nos esforçar que toquemos a ama de alguém para que possamos ser lembrados quando partirmos deste mundo.

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Letícia disse...

Eu gosto desses exemplos, dessas pessoas do bem. Muita Paz para Tia Anita!!!!

Obs = Meu bisavô paterno se chamava Gervásio. Eu pensava que ele era o único com este nome!rs, rs,rs....

***MissUniversoPróprio*** disse...

Sinto muito... espero que Deus conforte teu coração.

Abraços!

Deusa Odoyá disse...

Olá meu doce amigo.
è muito ruim perder um anjo de pessoa.
Mas lembre Deus precisou de m ais um no céu ,para ajudá-lo.
um ano de muitas realizações, glórias e paz.
Que seus trabalhos possam ser sempre valorizados.
Beijinhos doces, meu lindo amigo.
Regina Coeli.

Eneida disse...

Sentimentos pela tia.
Lindo o poema do mar!
Abraço!

paula barros disse...

Meus sentimentos por sua tia. Muito carinhoso a forma que escreveu sobre ela.

beijo

Barbara disse...

Quem demonstra carinho assim pelos ancestrais merece uns presentes/presente da vida, pois o reconhecimento do dom do outro é de sabedoria e a gratidão, abre portas.
Guarde essa ternura por sua tia, que certamente lhe será sempre referência e alimento.
1 abraço.

Ana Maria disse...

Amigo querido, aqui deixo meus pêsames pelo falecimento da tia Anita.
Hoje estou retornando com minhas visitas aos meus blogs preferidos.
Desejo a vc um 2010 , que tenha tudo que almejar.
E o JOTA, passeando muito com ele?
Faça um afago nele por mim.
Adoro animais.
Beijinhos no seu coração!

angela disse...

Que poema bonito e rima ele todo com Anita.
Fique com Deus.
beijo

Gervásio Cordeiro disse...

Tive o privilégio de conviver por sessenta e quatro anos com minha/nossa Mãe Anita, e HOJE busco um pouco de conforto nas alegres recordações que vão desde as férias na Grussai do João da Barra, passam pelas minhas tentativas de ser engenheiro em Itajubá, na sua Minas Gerais, e terminam nos longos papos quando eu chegava a noite em casa e ela me contava o que tinha acontecido nas discursões da Câmara e do Senado, que ela assistia durante a tarde... eu a poupava de fazer as tristes revelações do que acontecia e continua acontecendo nos bastidores negros de nossas Casas casas executivas, legislativas e judiciárias... na sua bondade, talvez Anita, perdoasse quem não merece ser perdoado...
Meu primo/irmão, em nome da Gê, da Mariinha, do Paulinho, do Duduca, da Inês, do Fernando, do Ricardinho, do grande mestre Gervásio, de netos, noras e bisnetos, agradeço muito sua postagem especial sobre a nossa... Anita...
Deus ampare sempre o seu coração, trazendo-lhe saúde, sucesso e muita PAZ...