Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

DO ADVERSO

11 de fevereiro, dia de Nossa Senhora de Lourdes

DO ADVERSO

Que alegria poder sentir a presença de tanta gente espalhada pela praia. Alegria em perceber a paz na brisa da manhã em descontração exposta ao sol que queima a pele banhada em luz.

A postura de João da Barra é singular ao sentir que pelo encanto nem precisamos de tanto para sermos felizes e estarmos de bem com a vida. A magia de um lugar como Grussaí dispensa grandes atrativos, posto haver no lugar espetáculo natural que é o da sua pura e plena paisagem a exuberar espaço aberto à nossa mais livre contemplação.

Em Grussaí a possibilidade de não se permitir à ostentação fútil cuja inconseqüência é ruidosa, mal cheirosa, mal encarada, mal educada e totalmente adversa ao que há de encanto e magia neste lugar de amplitude ímpar.

Belo Horizonte, 11 fevereiro 2010

ENTENDIMENTO

Prazer em conhece-lo. Não sei que rumo tomará nossa conversa. Mas quero sim conversar com você. Saber dos seus assuntos, do seu humor e do que poderá servir para o nosso mais oportuno convívio.

Dia desses fui surpreendido por uma frase interessante. Gostei tanto dela que tratei de usa-la como propósito.

O dinheiro jamais deverá obstruir o nosso entendimento. Eis a frase brotada de um momento de minha inspiração. Assim, que o horizonte da nossa conversa fique ainda mais ampliado. Anuncio o empenho em poder estar merecendo o seu patrocínio e o entusiasmo em estar celebrando com você, o seu mais que merecido lucro.

Gostou da idéia?

Belo Horizonte, 03 setembro 1999

12 comentários:

Desnuda disse...

Boa madrugada, Cadinho!

Nossa..Fiquei feliz com esta postagem...Dia de Nossa Senhora de Lourdes. Acho que teria esquecido. É sempre bom ler seus escritos, Cadinho.

Beijos, com carinho.

lita duarte disse...

:)alegria!
Adoro essa palavra.

Até mais.

angela disse...

Cadinho
Tem lugares que bermuda, camiseta e havaianas esta mais do que bom. A beleza
btijo

Lou a esquizoffrenica disse...

Não sabia que hoje era dia de Nª senhora de Lourdes. Um dia um pouco meu também, já que devo o meu nome a ela. Beijos Cadinho

Sonia Pallone disse...

Obrigada pelo registro no meu Solidão de Alma. Um grande abraço.

Majoli disse...

Cadinho, agradeço sua visita ao Rabiscos.
Ao ler teu post, procurei imagens de Grussaí, realmente encantador.

Pretendo voltar...^^
Beijos.

Lúcia Soares disse...

Bom saber. Vou anotar. Logo eu, tão ligada nas Mãezinhas do Céu, me perdi na data.
As 5 filhas de minha avó, uma delas minha mãe, têm Lourdes no nome: Antonietta de Lourdes, Celma de Lourdes, Myriam de Lourdes, Maria de Lourdes e Hélia Rita de Lourdes. Lindo, não? Também tenho uma irmã Maria de Lourdes.
(Sabe que vou postar sobre isso??rsrsrsr)
Abração!

Silvana Nunes .'. disse...

Boa noite.
Não sei o que está acontecendo com o meu blog. Ele excluiu as pessoas e não estou conseguindo incluir, está dizendo que você bloqueou a minha entrada. Pela manhã quando eu fui postar, entrou uma mensagem dizendo que o meu blog havia sido excluído. Só quase na hora do almoço ele voltou ao normal. Pensei que fosse algum tipo de manutenção, mas agora uma blogueira me mandou uma mensagem se dizendo aborrecida poir tê-la excluída e eu nem sei como fazer isso. O pior é que aqui está acontecendo a mesma coisa, não consigo adicionar você. Se souber como resolver isso, por favor me avise. Pois não tenho idéia do que pode estar acontecendo e nem onde me reportar para tentar solucionar.
http://www.silnunesprof.blogspot.com
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...

''Tay' disse...

Eu realmente não sabia que hoje era dia de Nossa Senhora de Lourdes.
Bom saber ^^

bjus =*

poematar disse...

Obrigado pela sua visita. Hei-de voltar com mais tempo, seu espaço merece. Tudo de bom.

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Cadinho,

A sua visita me foi uma surpresa agradável. O seu comentário foi perfeito. Ninguém sintetizou tão bem quanto você, o poder da crença, escorada à Fé. Obrigada.

Quanto aos seus artigos, é verdade, não há necessidade de muito para ser feliz e, ademais, o dinheiro não deve mesmo ser motivo de desumanidade. Não se deixa de ser pessoa, humano, por ser bem de vida ou rico. Continua-se semelhante ao próximo.

Beijos,
Ana Lúcia.

Camilla para os menos íntimos... disse...

retribuindo a visita... seja sempre bem vindo ao meu singelo blog, já sou sua seguidora!

beijos no coração, axé!