Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

PATROCINAR

EM OFERTA

Óleo sobre tela 15x15cm

Mais de 50% de desconto

Veja peças na coluna ao lado

Maiores informações: cadinhoroco@yahoo.com.br

PATROCINAR

Não há como impor a quem quer que seja a necessidade nossa de reconhecimento que é atitude tão espontânea quanto natural, quando então a sensibilidade age e reage diante do que sente e percebe. É tudo contingência da própria vida que ao dispensar a bajulação e exposição a procedimento humilhante, coloca-se responsável por sua postura e missão com seriedade que não tem como se permitir à mediocridade.

João da Barra é enfático ao se posicionar como ser libertado da cobiça e da avareza própria de quem insiste em só investir no individualismo de verdades tolas e de péssimo gosto.

O patrocínio não se limita à concessão de dinheiro, se quiser ser digno do seu próprio ato. O patrocínio é forma de investimento ao que passa a ser reconhecido como algo útil, pertinente e com valor que qualifica o ato de patrocinar.

Belo Horizonte, 15 fevereiro 2010

A SOLUÇÃO

A questão é simples, muito simples mesmo. Investe quem pode. O que não quer dizer que quem pode investe, ou sabe investir.

A questão fica ainda mais simples quando o investimento passa a merecer a sensatez da consciência do investidor. Ao perceber a propaganda como investimento, o anunciante adquire a maturidade de quem sabe fazer uso dos recursos disponíveis ao lucro. E quando o assunto volta-se para o ganho, é mais que importante perceber a sua grandeza.

Não há empreendimento que consiga ficar isolado em sua atividade. Daí, a necessidade da comunicação, da propaganda, do anúncio e de um convívio escapado da inibição e da desconfiança própria do afastamento.

Se a comunicação aproxima e se a propaganda expande, não será esse o caminho confiante do lucro?

A solução é simples, muito simples mesmo.

Belo Horizonte, 30 setembro 1999

5 comentários:

Sonhadora disse...

Cadinho
Passei para deixar um beijinho e agradecer o seu carinho.

Sonhadora

Mulher na Polícia disse...

Acho que essa dúvida é da cultura desconfiada e imediatista brasileira. Não?

Bjo.

♥ Dαiαne ♥ disse...

-
Olá, boa tarde.
Passei para retribuir a visita.

*-*

Blog interessante!

bj

Anne Lieri disse...

Cadinho,um texto muito inteligente.Fico me perguntando porque os empresários por exemplo,desconfiam tanto antes de patrocinar uma ideia.Mesmo através do governo é tão dificil entrar na listinha deles,mesmo que vc tenha um bom projeto.Adorei suas telas e peguei um selinho seu para postar no meu blog de selinhos,ok?Abraços,

linda lourenco disse...

olá Cadinho,Agradeço a sua visite e o seu gentil comentário que deixou lá.
Os Seus textos despertam mesmo..
E a suas reflexões são muito interessantes,Além do trabalho que executa em telas e que aprecia.
Seja sempre bem vindo nos meus blogs.
Eu voltarei apreciar as suas Artes.
A pintura é Poesia silenciosa,a poesia é pintura que fala.«Simônides Ceos»
Abraço.
Linda.