Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 14 de fevereiro de 2010

PATROCÍNIO

EM OFERTA

Óleo sobre tela 15x15cm

Mais de 50% de desconto

Veja peças na coluna ao lado

PATROCÍNIO

A necessidade do patrocínio aliada à necessidade da venda dos painéis e camisetas que pinto, levam-me a ouvir João da Barra.

Primeiro, interessante observar que os painéis que pinto são peças que diferem dos quadros por serem peças de pano montadas numa estrutura com 3 centímetros de altura. Isso quer dizer que dispensam moldura.

Óleo sobre tela de 15x15cm, eis a descrição formal dos painéis.

João da Barra propõe venda com preços em oferta porque se esse é meu trabalho preciso de ser remunerado por ele, bem como acontece com o que escrevo, que nesse momento, por mais uma vez, necessita de patrocínio.

Não tem jeito. Sem dinheiro fica muito difícil trabalhar, porque sem estímulo somos naturalmente remetidos a um estado de espírito avesso ao que de fato podemos fazer e criar.

Belo Horizonte, 14 fevereiro 2010

UM CAMINHO

Acordo percebendo ser o mundo mais esperto que eu. Acordo com a necessidade da esperteza. Acordo sentindo a vontade da esperteza em querer o que não sei do meu agir.

Acordo esperto. E daí? A paisagem do dia, fugida de tudo, parece esconder de mim algum gesto. Acordo outra vez. Vou acordando aos poucos. A esperteza parece insistir em querer falar comigo. Ouço triste suas tão duras afirmações. Observo a pedra, querendo a maciez de alguma paisagem distante.

Acordo para a angustia que da esperteza parece ser vítima. Essa esperteza que não é minha mas que atinge meu ser. Perco-me no despertar de tão rudes achados.

O mundo, mais esperto que eu, oferece um caminho. Vou embora de mais um sonho. Da esperteza, quero distância.

Belo Horizonte, 20 setembro 1999

2 comentários:

Branca disse...

Vc tá mais que certo - esperteza não combina com sensibilidade - e vc é pura sensibilidade, nas palavras, nas pinturas...não deixe que nada tire isso de ti!


Bjo Cadinho e bom feriado!

*Adriana disse...

"Acordo para a angustia que da esperteza parece ser vítima. Essa esperteza que não é minha mas que atinge meu ser. Perco-me no despertar de tão rudes achados.

O mundo, mais esperto que eu, oferece um caminho. Vou embora de mais um sonho. Da esperteza, quero distância."

Também eu quero distância da esperteza...

Cadinho Roco, obrigada pela visita ao meu blog.

bom carnaval ou bom descanso do carnaval

abçs
Adriana