Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 3 de março de 2010

RESPONSABILIDADE

EM OFERTA

Óleo sobre tela 15x15cm

Mais de 50% de desconto

Veja peças na coluna ao lado

Maiores informações: cadinhoroco@yahoo.com.br

RESPONSABILIDADE

Qual de nós poderá dizer o que o outro deverá fazer sem antes ser permitido a agir assim? Nós é que permitimos as recomendações que recebemos, nós é que temos a liberdade plena sobre o nosso próprio ser.

João da Barra ao fazer tal observação tem por propósito mostrar que cabe a cada um de nós abrir, ofertar e estender a nossa vida aos propósitos por nós pretendidos. E isso independe de onde estamos moramos, porque somos sempre mais importantes do que o lugar que estamos nele.

Mas é exatamente por sermos seres privilegiados é que também somos responsáveis pelos lugares onde estamos moramos. Não adianta querer responsabilizar esse ou aquele alguém por atos e atitudes que também cobram nossa participação.

Se temos a liberdade da escolha, temos também a responsabilidade pela consequência dessa escolha.

Belo Horizonte, 03 março 2010

VOANDO NO MAR

Aí, fiquei pensando na praia. No verão, sempre penso na praia. No inverno, continuo pensando na praia. Entre as flores da primavera, a praia também aparece em meus pensamentos.

Para simplificar, penso sempre na praia que inunda os meus sonhos atordoados por esse verdadeiro oceano de pensamentos. E como o oceano, eis que encontro-me entre misteriosas marés a provocarem o meu espirito exposto à calmaria e à ressaca. Tudo porque as situações vão sendo modificadas aos ventos também mutáveis.

Agora mesmo, imagino o meu estar no mar. Está bem, que eu esteja na praia. Fazendo o quê? Talvez pensando na vida, ou nas possibilidades da vida. Aí, esbarro nas impossibilidades tão bem narradas pelos sonhos a não pouparem o querer lançado ao mar.

Mas estou na praia que parece fugir dos meus pés.

Opa! Será que estou voando?

Belo Horizonte, 07 janeiro 2000

7 comentários:

Valéria disse...

Fico imaginando eu, podendo respirar em baixo d’água sem precisar de nada. Apenas eu. Sem equipamentos, sem roupas, sem máscaras. Eu e o mar azul, verde, profundo e infinito. Eu mergulhando e você voando.

BeijooO'

Araceli disse...

Pode ser que esteja voando, se deixando ser, sentir e estar... A liberdade adquirida nesse sopro da maré que toca seus pensamentos e deixam suas marcas na areia lembrando que vc esteja no solo e que agora o céu é teu!

Beijiiinhoos... ;*

Obrigada pela sua visita!



P.S eu postei anteriormente mais com outra conta... Por isso deletei!

VANUZA PANTALEÃO disse...

Oi, Cadinho!
Tudo bem, amigo?
Tá certo, nós imprimimos a nossa marca por onde passamos, não é o oposto.
Mineiro adora mar, pode crer! [risos]. Quase todos que já li têm uma afinidade com o mar. Quem não tem?
Gostei da sua presença por lá, obrigada!!!Bjsss

Xanele disse...

Hummm
acho q viajei tbm...rsrs

beijo Xan

SAM disse...

Oi Cadinho! Saudades mesmo de você no Sam! Obrigada. Sobre o texto responsabilidade, muito sensato. E se te faz bem...Continue voando no mar!

Carinhoso beijo, amigo.

crônicas disse...

olá, boa tarde, Cadinho!

O que escreve, escreve bem. É sempre muito bom passar no teu blog. Hoje quero convidá-lo a ler e conhecer uma nova blogueira.

Tempos atrás, navegando pelos blogs, me deparei com o blog dessa moça talentosa e gostaria de dividir essa descoberta com outros blogueiros.
Com a autorização dela, postei em meu blog um dos contos que publicou. Gostaria que deixasse seu comentário lá.

Obrigada
abçs
Adriana

Erica Ferro disse...

"Se temos a liberdade da escolha, temos também a responsabilidade pela consequência dessa escolha."

Pura verdade!

Abraço.