Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 4 de março de 2010

SOMOS AMOR

EM OFERTA

Óleo sobre tela 15x15cm

Mais de 50% de desconto

Veja peças na coluna ao lado

Maiores informações: cadinhoroco@yahoo.com.br

SOMOS AMOR

É lógico que todos nós nascemos de alguém e em algum lugar. O que não quer dizer que sejamos seres atrelados a alguém ou algum lugar.

É lógico que por força da afinidade, nos permitimos a alguém e a algum lugar. O que não quer dizer que este alguém ou lugar sejam atrelados a nós.

É daí que surge o princípio da liberdade que nos é concedida por força da nossa natureza que necessita desta liberdade para crescer evoluir.

João da Barra ainda aponta para o fato de, enquanto seres livres, termos a oportunidade de abrir o nosso ser para outro ser e outro lugar que não estejam atrelados à nossa origem. E isso se dá é pelo amor que trazemos conosco para, segundo a nossa vontade, adotá-lo como bem quisermos e na direção que for da nossa escolha.

Belo Horizonte, 04 março 2010

TEMA DE ABERTURA

A intenção era a de criar um texto para ser lido e dito em quinze segundos. Foi tudo rápido. Quando dei por mim, o texto foi aparecendo com indiscutível nitidez.

Papel/ Pele/ Letra/ Traço./ Voz/ Caminho rouco/ Crônicas/ Cadinho RoCo.

Uma vez nascido e entregue ao Paulinho, que foi quem propôs tudo, o texto foi estar com o talento do arranjador e intérprete Doca Rolim. Surgiu então o tema de abertura e encerramento da apresentação das crônicas do Cadinho RoCo, na 87,9 - Acertei no Dial - a Rádio de Lourdes.

O mais interessante é que só tive a oportunidade de conhecer o Doca Rolim depois que tudo já tinha acontecido. Caprichos desse mundo regido por seres como o Paulinho e o Doca Rolim.

Belo Horizonte, 22 janeiro 2000

9 comentários:

Valéria disse...

O desejo de liberdade é um sentimento enraizado profundamente em nós.

BeijooO'

Adriana Utópica. disse...

Olá amigo, vim agradecer pela visita e lhe desejar um final de semana maravilhosa!!! Bjinhos!!!

Sonhadora disse...

Meu amigo
Passo para deixar o meu carinho.

beijinhos
Sonhadora

Má.àh disse...

Oii, mto obrigado pela visita.
E tbm pelo desejo de feliz aniversário.
Espero mesmo que seja.
Volte sempre! Bjos.

Camille disse...

Ola, obrigada pela visita.
Voce tem outro blog alem desse, ue por sinal é muito bonito? Gostaria de conhecer tb as coisas atuais que voce escreve.
Bjos,
Cam

Daniel Savio disse...

Não sei se consigo ser tão liberto assim...

E então, se vira nos quinze (hua, kkk, ha, ha, uma paródia tosca do quadro do Faustão se vira nos trinta).

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

crônicas disse...

"...enquanto seres livres, termos a oportunidade de abrir o nosso ser para outro ser e outro lugar que não estejam atrelados à nossa origem.
E isso se dá é pelo amor que trazemos conosco para, segundo a nossa vontade, adotá-lo como bem quisermos e na direção que for da nossa escolha."

Mas quando amamos e somos amados, quase sempre ficamos "atrelados", mesmo sem querer.

Obrigada pela visita.

Adriana

Andressa Bragança disse...

Oieeeeeeee
Obrigada pela visitinha. Volte mais vezes viu?

Paz

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

oieee!
vim conferir as novis!
uma ótima sexta!

=D

ૠৣৢॐৣৢૠૠৣৢॐৣৢૠ॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰ૠ               


Crescer


É ser cada dia um pouco de nós mesmos.
É dar, espontaneamente, sem cobrar inconscientemente.
É aprender a ser feliz de dentro para fora.
É buscar no próximo um meio de nos prolongarmos.
É sentir a vida na natureza.
É entendermos a morte como natural da vida.
É conseguir a calma na hora do caos.
É termos sempre uma arma para lutar
e uma razão para irmos em frente.
É saber a hora exata de parar e buscar um algo novo.
É não devanear sobre o passado,
mas trabalhar em cima dele para o futuro.
É reconhecer nossos erros e valorizar nossas virtudes.
É conseguirmos nossa liberdade com equilíbrio
para não sermos libertinos.
É sabermos que nada nem ninguém é totalmente bom ou mau.
É exigir dos outros, apenas o que nós damos a eles.
É realizar algo edificante.
É sermos responsáveis por nossos atos e por suas consequências.
É entender que temos espaço de uma vida inteira para crescer.
É nos amarmos para que possamos amar os outros como a nós mesmos.
É assumirmos que nunca seremos grandes,
mas que o importante é estarmos sempre em crescimento.


(autor desconhecido)


ૠৣৢॐৣৢૠૠৣৢॐৣৢૠ॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰॰ૠ