Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 6 de abril de 2010

NOSSA RUÍNA

Não adianta querer enganar o próprio eu

NOSSA RUÍNA

Porque somos seres marcados por limitações e limitações é que nem sempre compreendemos consequência do que fazemos assumimos.

Quando condicionamos feito nosso a algum tipo de vantagem, ou ganho, passamos a dar a esse feito caráter de negociação. Por isso é que quando agimos comprometidos com algum tipo de troca, o que fazemos é negociar essa ação. O que vale dizer que quando aceitamos trabalho em campanha eleitoral condicionado a posterior pagamento sob a forma de emprego ou indicação para esse ou aquele serviço público remunerado, o que fazemos, ainda que de maneira indireta, é a venda do nosso voto, nosso compromisso em eleger alguém para esse aquele cargo público.

Eu, João da Barra, insisto em dizer afirmar ser isso ruim, péssimo, terrível, criminoso, vergonhoso. Não há nada que faça por merecer a venda da nossa liberdade de escolha, principalmente quando nós mesmos assumimos gesto que é a própria expressão da nossa ruína.

Entendeu, entendeu, entendeu?

Belo Horizonte, 06 abril 2010

FARTURA CRUEL

Quando trago por intenção dedicar-me ao propósito de interessante início a essas palavras, eis que sou encontrado por outros dois assuntos brotados como tema. Entre o espontâneo e o planejado, dúvida singular. Se vou ao desenvolvimento de um tema, obstruo tantos outros. Se fico permitido aos fatos, impossibilito projetos.

É sempre assim. Caminho por lugares a irem escancarando outros. E quando deparo com a fartura de assuntos, entrego-me ao que, no mais das vezes, deixa-me sem qualquer assunto.

Belo Horizonte, 09 setembro 2000

5 comentários:

direitinho disse...

A caça ao voto hoje funciona assim e quem se vende quer contrapartidas.
São maus os políticos e maus os votantes que se domam com cães famintos por um osso pelado.

Ilaine disse...

Oi, Cadinho!

Obrigada por me visitar. Fiquei muito feliz. E aqui estámuito interessante. Vou bisbilhotar, então.
Beijo

Sandra Timm™ disse...

Querido Cadinho RoCo

Depois de tanto tempo e acontecimentos contraditórios, estou tentando voltar à vida bloguistica e visitando os amigos do coração.

Como fiquei muito tempo distante, estou só passando para dar um "oi" e aproveitando para deixar um beijo e a promessa de voltar com frequencia.

Beijo

Sonhadora disse...

Meu amigo
passei para deixar um beijinho.

Sonhadora

A. Reiffer disse...

É um belo texto, disseste muito bem. Mas muito dificilmente agimos sem buscar alguma compensação para nossos atos...