Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

CIDADE X - PARTE 1

A necessidade do desdobramento deste tema está numa relação direta com sua importância e sobretudo para com o respeito à dignidade sanjoanense

CIDADE X – PARTE 1

Matéria publicada pelo jornal Folha da Manhã, Campos dos Goytacazes, no domingo 22 deste surpreendente agosto de 2010. Já no título a estupefação: “cidade X” promete revolucionar SJB.

O SJB refere-se a São João da Barra – SJDB que para mim é da Barra, razão para incluir o D na abreviatura.

Mas, a tal matéria do jornal nos remete a algumas intrigantes colocações que estenderei a outros textos. Neste, limitar-me-ei ao início dela que diz textualmente: “O empresário Eike Batista, do Grupo EBX, já iniciou o planejamento da construção da “”cidade X””, no município de SJDB, onde está sendo erguido o porto do Açu.”

Bem, então isso quer dizer que o município de SJDB não tem uma cidade? E na falta de uma cidade e se o empresário Eike é quem assume o planejamento da bendita cidade, isso quer dizer que SJDB também não tem quem responda por sua prefeitura?

Então, se SJDB não tem prefeitura e nem cidade, o que pensava ser município é patrimônio do Grupo EBX?

Voltarei ao tema dessa importante matéria que, a propósito, traz assinatura do jornalista Rafael Vargas.

Belo Horizonte, 26 agosto 2010

AMANHÃ TEM MAIS

Da varanda, horizonte imenso de ondas em pedra. Mugido de bois e vacas, seguido de carinhosos berros de chamados assumidos pelos bezerros.

Passa o carro de boi na ternura viva que compõe a tarde na fazenda. Tudo tão harmonioso e tão sem pressa nessa vida que é mato e comida quente vinda de um fantástico fogão de lenha.

Corpo vai descansando aos poucos e sentindo cada rastro deixado na poeira da pele encardida. Para esta caminhada amiga, amanhã tem mais. É mais gente que aparece, é nova cidade que surge, são novos hábitos e falas.

Fazenda do Sobrado, 08 julho 2003

9 comentários:

Hod disse...

É preciso soltar o fôlego e gritar.

Forte abraço amigo.

Daniel Savio disse...

Cara, realmente é uma falta de noção, pois não estamos nos tempos do coronelismo para haver alguém que passa da lei devido a própria vontade...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Graça Carpes disse...

Cadinho, “MADALENA MADALUPE” agradece sua visita.
Fica o convite para ver “As Cidades”, lá no PULSAR POÉTICO”.
:)

Mônica disse...

Cadinho
Eu tenho amor em carro de boi porque na fazenda do meu avô em Araxá tinha.
Eu adorava o seu barulho
com carinho Monica

Ana Cavalcantti disse...

Nossa Cadinho..como assim gente ?
Eu que te digo agora rs !
Puuuuuttttttzzzzzzzzzzz !

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Situação mais esquisita. Ninguém sabe de nada, nada existe, mas todos estão lá.

até.

Jota Cê

Casal Dejavu SC disse...

Olá Cadinho, adorei o teu comentário, descreveste perfeitamente...
Tudo acontece quando e como deve acontecer, nós que sempre procuramos atropelar as coisas!
Devo-lhe desculpas, pois descobri que ainda não o seguíamos, perdoe-me pela gafe...

Beijos

Bianca

Lu Rosário disse...

Ué, Cadinho. Que loucura é essa de empresário querer construir cidade? É..nosso mundo está mesmo do avesso.


Vê se aparece!
Beijos.
Lu Rosário.

Fátima disse...

Absudos de todos os lados.
Passei pra deixar-lhe um abraço e beijo