Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 28 de agosto de 2010

CIDADE X - PARTE 3

É impressionante como um município inteiro se permite ao mais completo sentimento de submissão a tratamento que simplesmente ignora sua existência

CIDADE X – PARTE 3

O que para mim fica mais difícil entender da matéria publicada pelo jornal Folha da Manhã, 22 agosto 2010 é com que facilidade o município de São João da Barra – SJDB é desprezado. Lá pelo meio do texto leio: “O ex-governador paranaense Jaime Lerner, que é arquiteto, já está trabalhando no planejamento da cidade, que deve abrigar até 2025, cerca de 250 mil habitantes no município de SJDB.”

O título da matéria diz: “””Cidade X”” promete revolucionar SJDB”

Diante do título é natural entender que a contratação do arquiteto Jaime Lerner seja do idealizador da Cidade X, empresário Eike Batista, que pela matéria jornalística simplesmente parece ignorar a existência de uma prefeitura e de uma câmara municipal de vereadores de SJDB. A propósito, o que são os 30 mil habitantes de hoje frente aos 250 mil de amanhã para uma Cidade X hoje SJDB?

Mas, a matéria não pára por aí, tem mais pra ser lido e engolido.

Belo Horizonte, 28 agosto 2010

SERÁ COINCIDÊNCIA

Nasceu um dia depois da celebração de Nossa Senhora do Carmo. Talvez seja por isso que deram-lhe o nome Maria do Carmo. Talvez seja nada disso. O que então estabelece curiosa coincidência.

Há quem diga ser toda e qualquer coincidência, pura ilusão. Há quem diga haver sutileza de significado em absolutamente tudo. Fato é que a Maria do Carmo em questão, traz consigo uma atmosfera de paz um tanto desgarrada do mundo. Estará ela sob a proteção eterna da Senhora do Carmo?

Belo Horizonte, 17 julho 2003

3 comentários:

S* disse...

Bonita história...

Daniel Savio disse...

Cara, pior de tudo, quando o povo deixa algo passar a prefeitura geralmente não está nem ai para o assunto...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

claudete disse...

Olá Cadinho, manifestações como as suas em relação à cidade que tanto preza e anseia para que seja preservada, crescendo para o benefício dos cidadãos que lá residem é louvável.Esmorecer? Nunca! Denunciar e aplaudir sempre é preciso. Quanto à jovem com nome de santa, é possivel que esteja sendo duplamente protegida. Acabei de chegar de Cimbres onde fui a mais uma peregrinação, orei também por você que é devoto de NªSªdas Graças. Abraços.