Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 16 de outubro de 2010

COCO NO COQUEIRO

Somos sempre desafiados pela distância

COCO NO COQUEIRO

Coco no coqueiro lá no alto é preciso saber tirar ele de lá.

Coco no coqueiro chama por astúcia jeito mais que força pra conseguir tirar ele de lá.

Tem coco no coqueiro água boa de beber, beleza entre palmeiras antes do céu. No verde azul das cores regadas pelo sol, coqueiro com coco que brinca com vento sem cair. É que coco tem corpo liso e vento passa com jeito carinho que mexe com palmeira em movimento.

Tem água no coco sede nos olhos que olham lá pra cima olha lá, olha lá, tem coco que do alto desafia imaginação da gente.

Belo Horizonte, 16 outubro 2010

SANTA DISCRIÇÃO

Mãe vivia seríssimo problema de saúde. Entre outros traumas, por recomendação médica, possível necessidade de amputar uma de suas mãos.

Filho vai à Igreja, ajoelha-se diante da imagem do santo e escancara coração de sua fé. Pede intercessão de São Geraldo para que sua mãe receba graça cura trazida pelo Espirito Santo, Deus Pai Filho. Reza levando ao extremo seu mais puro sentimento, insistindo para que São Geraldo assuma causa de sua aflição.

Olhos fixados na imagem presença do santo, repete duas, três, inúmeras vezes pedido ao paciente São Geraldo. Já exausto esvaziado por força esforço de tamanho empenho, despede-se de São Geraldo e vai embora.

Para alívio da mãe, graça surge em forma de cura preservando aquela mão livre de ser extirpada por fatídico corte. Filho mais que depressa vai à Igreja agradecer definitiva intercessão de São Geraldo. Do seu diálogo com o santo, curiosa revelação. Ao invés de São Geraldo, o santo que esteve tempo todo bem diante dos seus olhos, era Santo Antônio, que quieto bem quieto ouviu agiu em favor de tão fervorosa prece. Tudo por obra e graça do Espirito Santo.

Pois é assim mesmo. No mistério da fé, santos e santas são levados elevados à representação única do Deus que é Pai, Filho e Espirito Santo.

Belo Horizonte, 15 junho 2004

9 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

Sempre descrevendo lindamente as coisas da vida.
Embora a beleza poética do " ...tem corpo liso... ", por aqui o vento é tanto que cocos grandes e pequenos caem todo dia...

Daniel Savio disse...

Mas os sonhos também pode estar em cima de nós numa que não se pode alcançar, mas só com a imaginação é que vamos realiza-los...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

웃Lucineia Silva 웃 disse...

ai ai... gostei! rsrs

Gostei também do seu novo visual!

Abraço

Marilu disse...

Querido amigo, adorei o texto. Tenha uma linda semana. Beijocas

Priscilla Marfori... disse...

Vou guardar este texto pra mim e claro com seu nome!
Gostei!
Ah, novidade, fiz um fotolog se quizer conhecer:
http://www.fotolog.com.br/priscillamarfori
Abraços.

riskcontact disse...

kerido roco, um beijo doce pra ti...

Ana Maria disse...

Meu amiguinho, tenha um final de semana repleto de sucesso, que Deus ilumine você.
Beijinhos no seu coração!

Ana Miranda disse...

Coco para mim, é sinônimo de preguicinha, vida boa, rede balançando...
Que delícia!!!
E o sorriso continua lindo.
E vamos votar sério mesmo: SERRA-45

Parapeito disse...

O que importa mesmo é Acreditar... sempre que se Acredita um milagre Acontece...
(ainda nao experimentei beber água de coco) :)
brisas doces para si***