Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

PODEREMOS TUDO

O mar me ensina a amar

PODEREMOS TUDO

Agora quando passo com bicicleta Marta em frente ao Espaço da Ciência em Atafona, São João da Barra – SJDB, Estado do Rio de Janeiro, não tenho como deixar de tomar rumo do mar e passar no Timbukas 2G, Bar e Restaurante.

Água geladinha, conversa com Márcio e Regina, atendimento do Lucas e simpatia da Júlia que não esconde seu carisma apesar da pouca idade.

Agora penso na esperança e no Verão Com Arte Timbukas 2G quando exporei painéis que pinto, óleo sobre tela. Tem ainda os bonés pintados com tinta acrílica, meu mais recente desafio. A imaginação ferve, vontade de fazer tanto e muito mais. Abrir ampliar espaço pra conversas e novas propostas. Levar pra SJDB a arte, provocação, sensibilidade das pessoas na certeza de que se bem soubermos amar poderemos tudo e muito mais.

Belo Horizonte, 18 novembro 2010

MUNDO NENHUM

Vem chuva do céu, mas no céu não chove. A chuva que nasce do céu para o céu é chuva de luz feita em gotas raios que quando escapam entre nuvens trovões que fazem barulhão danado. Mas no céu barulho também é outro. Sonoridade do céu parece música poesia declamada pelo dizer ditado por aquilo que entendemos como silencio. As coisas no céu são mesmo outras.

Andar, flutuar no céu é também diferente. Tão diferente, que não chega a ser nem andar, nem flutuar. É exercício desprovido de rumo e cansaço. É sensação constante de alívio disposição que não causa nem ansiedade, nem expectativa. Tudo acontece sem acontecer porque no céu acontecimento traduz sentido outro. É mundo de abstração, por ser mundo de outro mundo, que acaba sendo mundo nenhum.

Pra resumir, o céu é tudo que não é, por não ser tudo que é.

Belo Horizonte, 06 dezembro 2004

11 comentários:

Luís Coelho disse...

O nosso olhar para o céu.
Simples directo e sem interferências.
Juntamos-lhe um pouco de imaginação e iniciamos uma viagem sem limites com o brilho dessas gotas de luz que nos fazem amar.
Desejo-te um bom dia.

Mariposa disse...

nossa intrigante e interessante
seu texto é muito bom
gostei do post

Afrodite disse...

Lindo texto,amigo!
Obrigada pelas palvras no blog!Sei que vc nunca cobrou visitas e nem foi isso que quis dizer!
Apenas desabafei pq tem muita gente falsa na blogosfera,e se 'acha' qd deveria ser mais humilde,né?
Um beijo
Afrodite

Camila Monteiro disse...

Teu jeito de escrever é muito gostoso!!! Ja to te sefuindo e obrigada pela visita!!!

Beijao

Daniel Savio disse...

Mesmo abaixo dele, o céu sempre nos influência...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Rose disse...

Bom saber das suas andanças.
Bjs, queridão.

Malu disse...

Cadinho,

Impossível não vir aqui agradecer
suas palavras gentis ...
Obrigda de coração.

Também gostei de saber de suas andanças e que o verão se faça
em esperança e sorrisos.


Bjo.

Aleatoriamente disse...

Cadinho,
Gostei muito do texto.
E uma frase que me chamou atenção.
“Se bem soubermos amar poderemos tudo e muito mais”.
É verdade meu amigo.
O amor sempre é o caminho.

Beijinho.
Fernanda.

Multiolhares disse...

Tanta coisa podemos ver no céu, imaginar e acabar por acreditar ou não
beijinhos

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? Vou conhecer o Rio de Janeiro nas minhas férias.. 2 de dezembro estarei lá! Abraços, Fabio www.fabiotv.zip.net

Karlinha Ferreira disse...

Muito bom seu blog...

Nossa paixão tem um dom todo especial, nos´mantém vivos, livres e curados...

Parabéns!


Estou seguindo...
Beijos