Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 11 de outubro de 2011

VALORIZAÇÃO

Temos que antes valorizar o que fazemos para que sejamos depois valorizados.

VALORIZAÇÃO

Em conversa com a Doutora Mônica, dentista competentíssima, fico admirado com seu discurso objetivo, prático e determinado.

A odontologia, segundo ela, tem o seu custo que não é barato e por isso alguém tem de pagar a conta. Sem dinheiro fica difícil fazer qualquer coisa porque é preciso pagar pelo trabalho de alguém, pelo material exigido e por tudo que envolve tratamento dentário.

Ao trocar ideia com João da Barra sobre conversa que tive com a Doutora Mônica, ouço dele confirmação do dito por ela. Não é possível admitir trabalho sem remuneração.

João da Barra ainda enfatiza haver singular diferença em agir pela graça do que agir de graça. A graça que nos é concedida, como talento para desempenho do nosso trabalho, não deve ficar exposta à gratuidade por haver nela valor que não devemos desprezar. Quando nos permitimos ao que não respeita, ou valoriza, o que fazemos, terminamos por promover a degradação de valores essenciais ao nosso ser e estar nesse mundo, é o que diz João da Barra.

Belo Horizonte, 11 outubro 2011

FICO

Se tem atitude que desafia minha compreensão é a de quem aparece demonstra interesse em estender assunto, cede endereço para combinar dia e hora posteriormente marcada e posteriormente desmarcada para uma próxima e breve possibilidade e some. Desaparece como que por encanto, não dá mais notícia, nada.

Examino a consciência só pra conferir que fui solícito, receptivo, disposto, aberto, pronto e até interessado. É possível que exatamente por agir assim eu tenha despertado a desconfiança, ou até mesmo o repúdio.

Este mundo, de tão estranho que está, parece querer implicar comigo. Mas não deixo e nem complico. Fico sem entender e com a alegria de não permitir que de atitudes assim meu coração feche ou se meta em sombrias divagações.

Belo Horizonte, 15 dezembro 2008

6 comentários:

Carla Ceres disse...

Nenhum profissional deve trabalhar de graça. O artista é um profissional como qualquer outro e merece respeito. Abraço!

Juju Porcino Loureiro disse...

AMIGO,
PARABÉNS PELA POSTAGEM!!!
CONCORDO PLENAMENTE COM SEU PONTO DE VISTA E COM SEU DESABAFO...
"A graça que nos é concedida, como talento para desempenho do nosso trabalho, não deve ficar exposta à gratuidade por haver nela valor que não devemos desprezar."
TODO PROFISSIONAL DEVE SER REMUNERADO, INCENTIVADO E RESPEITADO.
OBRIGADA PELA VISITA NO MEU BLOG.
FIQUE COM DEUS!!!

Dani disse...

Olá!
Vim retribuir seu carinho comigo e me deparei com um lindo blog!
Adorei as suas palavras nesse texto,
muitas pessoas só pensam em tirar vantagem e não dão o devido valor a muitos profissionais!

um abraço e bom feriado!

Ingrid disse...

muito bom Cadinho..
como sempre!
beijos amigo..

Prycila Patrício disse...

obeigada pela visita lá em casa...

Anônimo disse...

Todo profissional tem que ser respeitado e remunerado.
Como sempre digo: "Só relagio que trabalha de graça,mesmo assim tem que dar corda" beijos