Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 28 de março de 2012

CUIDADO

Nem tudo é festa

CUIDADO

Muito daquilo que podemos observar surge para nós como importantes sinais para o nosso mais solene aprendizado.

O fato de ser Batistão homem abastado não permite que ele fique imune ao que acontece e pode acontecer com qualquer um de nós. O poder exige maturidade e resistência por inspirar, entre tantas reações, o mais vazio sentimento da inveja. Um ser possuído pela inveja torna-se asqueroso, duro e no mais das vezes até agressivo. O que não deve ser tratado com indiferença, posto haver na inveja perigo, muito perigo.

Batistão é homem ambicioso e por isso mesmo presente em muitos feitos que dão a ele projeção a exigir tratamento tão diferenciado quanto eficaz.

Não são poucas as ameaças existentes neste mundo de tanta controvérsia.

Belo Horizonte, 28 março 2012

BATISTÃO EXPLICA

O que faz o rico ser o mais rico é a sua capacidade de perceber momento e ocasião para investir seja lá no que for. O dinheiro por si só não tem o menor sentido. O ganho é parte do procedimento de quem compete, de quem gosta de competir, é o que diz Batistão.

Naquilo que refere-se às obras do Porto do Açu, a necessidade de se fazer o que pode ser entendido como empreendimento de 360 graus. Nessa circunstância, todos os lados que formam o núcleo do empreendimento são levados em conta. É por isso que são detectadas necessidades e falhas, carências e limitações a exigirem estudos, projetos, análises e propostas.

Batistão volta a enfatizar que as obras do Complexo Portuário do Açu são particulares e que por isso mesmo tudo que acontece por intermédio dessa obra é antes consequência da iniciativa particular de um empreendimento devidamente licenciado e documentado para fazer o que faz. O que não quer dizer, segundo Batistão, que não haja ambiente de diálogo entre o empreendimento do Porto do Açu e o poder público de São João da Barra.

Belo Horizonte, 08 setembro 2010

7 comentários:

**Lih** disse...

Olá,

Vim retribuir a visita!

Beijos!

Marília disse...

Olá vim retribuir a visita, muito obrigado!
Abraços,
Marília

Carla Ceres disse...

Inveja é mesmo um perigo, Cadinho. E os invejosos não têm cura. O melhor é a gente se afastar deles. Abraço!

Virna Ívinna disse...

Muito obrigada pelo comentário!

mfc disse...

Diálogo entre capital e população?!
Só se for aí...!

Neide disse...

Obrigada pela visita.Gostei!!
Ser ambicioso,acho até normal,mas invejoso,não leva ninguem a nada,não se consegue nada.
bjs!!

Sandra Subtil disse...

A inveja é perigosa e traiçoeira...
Beijinho