Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sexta-feira, 6 de julho de 2012

FAZER DO PRESENTE


Fora do presente não fazemos nada.
FAZER DO PRESENTE
     Penso no que acontece e no que pode acontecer. Penso no acontecido sem me prender ao que do passado a mim sugere presente de compreensão.
     Penso na compreensão do agora. No instante presente apresento-me inteiro. Sem me permitir ao vacilo de um futuro que não tenho como decifrar. O presente exige presença, cobra ação imediata, não se apaga ao que ao passado está e ao que ao passado passará.
     É pelo presente que conseguimos realizar tudo. É pelo presente que conseguimos viver a realidade da nossa realidade. É pelo presente que temos a oportunidade de perceber que tanto passado quanto futuro, na prática não fazem nada.
     O fazer é presente.
Belo Horizonte, 06 julho 2012
BICICLETA MARIETA
     Negócio fechado fico com a bicicleta mais confortável, mais moderna, mais leve e com bom preço. Trato de batizá-la com o nome da amada Marieta que é também agente de vendas dos painéis que pinto, óleo sobre telas.
     Marieta é leve, ágil, vistosa e macia. Passeio com ela pelas ruas e avenidas de Grussaí feliz da vida. Marieta é esperta e se eu quiser posso dar a ela velocidade bem interessante.
Grussaí, 31 agosto 2011

4 comentários:

Cris disse...

"Fora do presente não fazemos nada"
ótima,
com esta ganhei outro dia.

Você é bom em marketing.
Como vai a Marieta?

Liz - Como as Cerejas da Minha Janela... disse...

Oi, meu querido! atrasada, mas vim te conhecer. Agradeço tua visita ao meu espaço e teu carinho. Sua arte é linda, parabéns!

Li alguns dos seus textos e gostei muito. Escrever e pintar, tu és um privilegiado nesta vida!!

Um dia lindo e um beijo com carinho

Carla Ceres disse...

Preciso aprender essa lição sobre o presente, Cadinho. Estou tentando, mas tá difícil. Abraço!

claudete disse...

Muito boa a proposta, mas tem que existir muita força para nos livrarmos dos grilhões do passado. Abraços Cadinho.