Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 30 de dezembro de 2012

CUIDADO



Tem hora que é preciso colocar a boca no mundo
CUIDADO
     Porque faço tudo sozinho é que também preciso divulgar Folhetos Cadinho RoCo – FCR e protegê-los de tratamentos por vezes inadequados do que eles representam.
     Os FCR enquanto serviço para anúncios e propagandas tem enorme potencial e serventia sim. Eles contam com índice mínimo de rejeição e deixando marcas consistentes em quem tem acesso aos seus exemplares.
Belo Horizonte, 30 dezembro 2012
NÃO DÁ
     Já foi o tempo que eu acreditava na eficácia de estar em todas as festas, atendendo a todos os convites, aparecendo em todos esses eventos. Hoje, estou mais para a tese defendida pelo Epifânio, ao considerar mais eficaz alguém, ou algumas pessoas sentirem a sua ausência, do que estar sua presença exposta à grande possibilidade de nem ser notada, por ocasião dessas festas tantas.
     A bem da verdade, muitos desses convites são feitos por pura e simples formalidade, fria e desprovida de maior envolvimento. Ainda nesse clima de reflexão, são essas festas marcadas por elementos que vão da futilidade ao exagero, estabelecendo a antipatia e a farsa entregue a comportamentos, que o melhor mesmo é nem lembrar. Aliás, o que aparece de gente esquecida nessas festas, não está escrito. Gente, digamos, distraída.
     Não dá. O melhor é evitar, ou desenvolver sem trégua, forte processo de seleção para as nossas idas e vindas.
Belo Horizonte, 28 março 1999

4 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo,
Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano
Mora uma louca chamada Esperança:
E quando todas as buzinas fonfonam
quando todos os reco-recos matracam
quando tudo berra quando tudo grita quando tudo apita

A louca tapa os ouvidos e atira-se
e - ó miraculoso voo.


Acorda outra vez menina, lá embaixo, na calçada.
O povo aproxima-se, aflito
E o mais velhinho curva-se e pergunta:
– Como é teu nome, menininha dos olhos verdes?
E ela então sorri a todos eles
E lhes diz, bem devagarinho para que não esqueçam nunca:

– O meu nome é ESPERANÇA !!

Desejo a você e a todos aqueles a quem ama um FELIZ ANO NOVO.
Beijocas

Renata Diniz disse...

Oi Cadinho! Eu concordo com você sobre as festas. Prefiro as que realmente a minha presença é valorizada e as que eu valorizo também. Feliz Ano Novo! Obrigada pela companhia e por tudo o que eu aprendi através de suas palavras. Abraço!

Maria Rodrigues disse...

Cadinho passando para desejar um excelente Ano Novo.
beijinhos
Maria

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Meu amigo

Que neste ano de 2013 que agora se inicia possamos com uma palavra de apoio e fraternidade fazer que o mundo seja melhor e que a esperança de realizar todos os sonhos seja presente sempre nos nossos corações...que a paz o amor e a felicidade seja o alvorecer de um novo tempo de amor e fraternidade.

FELIZ ANO NOVO
Um beijinho com carinho
Sonhadora