Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

ENTREGA PLENA


Quando ficamos perdidos o melhor a fazer é entregar procura a Deus
ENTREGA PLENA
     Tal como diz a Rosalba, melhor mesmo é entregar pra Deus quando situação fica difícil demais, insustentável. Pela graça de Deus sempre surge caminho pertinente para que não fiquemos perdidos em meio a continuadas aflições. Até porque, existe situação que fica mesmo complicada demais pra gente resolver por conta própria. 
     Cá aqui no meu caso, perdi a conta das tentativas que fiz pra conseguir o que busco e necessito. Espécie de capricho é o que parece acontecer porque sempre surge imprevisto a travar caminhada, atoleiro a obstruir caminho, entrave a impor desvio de percurso a comprometer resultado almejado.
     Tem jeito não. Quando a coisa trava chega a ser tolice insistir. Solução é a apontada pela Rosalba de entregar pra Deus, mas entregar pra valer. Mergulhar na fé que é que dá certeza de que em Deus podemos tudo e mais alguma coisa. E digo daqui que sinto surgir momento muito auspicioso para o que faço, que são esses Folhetos Cadinho RoCo.
Belo Horizonte, 21 dezembro 2012 
ENCONTRO PERDIDO
     Procurei até cansar. Deu sono, dormi. Acordei com a caneta em minha lembrança, perdida na ânsia daquela procura. Dos bolsos, o vazio. Da mesa, papeis e objetos alheios e distantes da caneta que simplesmente desapareceu. Da última vez que usei-a, o inconformismo do gesto seguinte fugido da memória.
     Tenho outras canetas. Mas a sensação descrita pela ausência daquela caneta é de pura inquietação. Procuro a paciência da aceitação. Quem sabe, mais tarde, a caneta aparece, tal como desapareceu. Ela poderá estar agora na antecedência do inesperado. Para tanto, devo antes, afastar a esperança de encontra-la. Fujo por uma função qualquer. Quando menos espero, eis a caneta na lembrança. Será melhor esquece-la?
Belo Horizonte, 15 janeiro 1999

Um comentário:

Vanessa Barbosa. disse...

Cadinho, desejo-te um natal muito iluminado, que não te falte amor e alegria, que o amor divino transborde do seu coração e da sua alma, muita fé.
Vim me adiantar pois estou entrando em férias e não ficarei tão presente como antes, mas vou carregar meus amigos blogueiros no meu pensamento.
Tenha a certeza que 2013 está vindo cheio de coisas boas, uma nova fase começa, todos os dias mas este novo ano será especial.
Um grande beijo e um abraço.