Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 24 de setembro de 2013

REALIDADE DA REALIDADE

Conjuntos de Painéis Cadinho RoCo, óleo sobre tela, ótimo presente pra quem gosta de arte.
REALIDADE DA REALIDADE
     O Brasil hoje está totalmente transformado pela corrupção e conivência com o que há de pior.
     Penso no Joaquim, Presidente do Supremo tribunal Federal, num primeiro momento derrotado pela manobra sombria de ministros que dão amparo a bandidos, mas vitorioso na sua essência de homem sério e aliado à justiça e a parte de uma população patriota e merecedora de respeito.
     Penso naquele Joaquim cunhado na história do Brasil como Tiradentes, herói nacional que deu sua vida para a libertação do seu País, contra leis a protegerem verdadeiro saque da riqueza nacional assumindo postura de brasileiro corajoso.
     Hoje temos um Brasil sequestrado pela mentira de quem parte para o saque dos cofres públicos protegidos por magistrados não menos inescrupulosos.
     Ao homem íntegro mais vale a consciência limpa do que discursos sujados pela promiscuidade.
Belo Horizonte, 24 setembro 2013
AOS SENHORES DO PODER
     Esquina da rua Joaquim Murtinho com avenida Prudente de Moraes. O que antes transpirava poesia, hoje ilustra o horror. Um  crime. Um homem executado por dezena de tiros em plena luz de um dia movimentado e, de repente, ameaçador.
     Aí a aparição dos discursos indignados dos poderes arrepiados e das autoridades atônitas.
     O Brasil está entre os países com a pior divisão de renda do mundo. Insisto na afirmação que, para mim, aponta para a nascente da violência. Governantes, legisladores, empresários, autoridades constituídas e empregadores atentem para a evidência do que está a realidade escancarando.
     Enquanto não houver um profundo e sincero exame de consciência daqueles que estão mais preocupados com selos de qualidade do que com a realidade humana brasileira neste início de século vinte um, estaremos expostos a ações sempre e cada vez mais violentas. Enquanto explorarem a miséria por intermédio de ofertas ridículas e de oportunismos inoportunos, o resultado não sairá da violência. O ser humano merece e necessita da dignidade e do respeito. Que haja sensatez por parte desses senhores do poder.
Belo Horizonte, 26 janeiro 2002


2 comentários:

Célia Rangel disse...

Sensato! Real! Contundente é o seu post de hoje! Reflete o interior de todos nós que somos "Joaquins Éticos e Dignos" - poucos que ainda restam em nosso país! Aplausos! Li o que gostaria de ter escrito! Parabéns, Cadinho.
[ ] Célia.

Dorli disse...

Oi amigo,
Para nosso país dar certo alguém deveria fazer como Marechal Deodoro da Fonseca e acabar com essa pouca vergonha que está nossa política.
Obrigada pela visita
Beijos
Lua Singular