Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

EXERCÍCIO LIBERTÁRIO



SÉRIE XAMÃ
FOLHETOS CADINHO ROCO
EXERCÍCIO LIBERTÁRIO
     Observo mundo de gente que passa por mim. Umas pessoas marcam, outras nem tanto, outras de jeito nenhum. É engraçado sentir, perceber e até mais tarde se dar conta de como age o esquecimento em contraste com a lembrança que trazemos em nós mesmos. Tudo cercado, ou libertado, por sutileza de detalhes impressionantes.
     Xamã confere conversa mostrando ser a vida, por si só, amontoado de fluidos mágicos. O cão tem razão em dar esse rumo ao meu raciocínio, que a essa altura nem sei mais ser só meu.
     Cansei de ser só agente de afirmações que já não tenho nenhum propósito de ostentar.
     Busco simplificar a liberdade em meu viver.
Belo Horizonte, 10 dezembro 2014
HORA DA DESCRENÇA
     Fez o que disse não ter feito.
     Não fez o que disse ter feito. E a vida foi vai continua passando, como se fosse outra. E a máscara foi se desmanchando com a sutileza do passar do tempo. Notícia trazida por um, conversa ida além superfície. Um mergulho aqui, uma distração ali e as nuvens vão sumindo do que antes era céu mar de rosas. As pétalas envelheceram e foram se decompondo com o rigor do tempo.
     Agora, situação outra. Mas desmentir como? Entre suspeitas e afirmações, a lisa cara descarada. Hora de encarar o acreditar da descrença.
Belo Horizonte, 02 abril 2006

3 comentários:

Bell disse...

Engraçado como tem gente que passa pela nossa vida e marca e outros simplesmente não deixam nada...

Um lindo dia pra vcs =)

Tais Luso disse...

Olá, Cadinho, muito obrigada por seguir meu blog, estou aqui, também!
Voltarei com calma para ler as matérias.
Grande abraço.

MARILENE disse...

Divagações... Melhor viver com autenticidade porque a vida sempre será repleta de interrogações. Abraço.