Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

MARÍTIMO



SÉRIE XAMÃ dos
FOLHETOS CADINHO ROCO
MARÍTIMO
     Comportamento do Xamã é semelhante ao do mar; tem dia que puxa mais em nossas caminhadas, tem dia que se comporta mais calmo com o passar do tempo.
     De algumas conversas recentes observo o mar me ensinando, ou intrigando, a perceber com mais atenção o movimento das marés. Sou lembrado e convidado a tratar de assuntos relacionados à comunicação. Fico feliz em saber que sou alvo da lembrança de algumas tantas pessoas sérias e competentes.
Acordo inquietado por saber do quanto sou influenciado pelas tais marés mostradas pelo mar. A necessidade do fôlego estimula a respiração.
     Não nasci para desprezar o ar que me é ofertado.
Belo Horizonte, 12 dezembro 2014
FLERTE
     Na troca daquele olhar exatamente naquele instante, iniciou-se segredo nosso tão secreto, que nenhuma palavra foi dita. Sentimento na temperatura da percepção tratou de entender silencio distância nenhuma ali presente.
     Sonho solto corpo afora, noite no desalinho de pensamento idéia perambulando pelas ruas calmas adormecidas ou despertadas pelo animal felino gato gata de esperteza única. É impossível de acontecimento não acontecido e muito sem ter como acontecer. É só delírio no quarto escuro do sono que faz adormecer a insônia.
Belo Horizonte, 24 março 2006


4 comentários:

Carla Ceres disse...

"Não nasci para desprezar o ar que me é ofertado." Que frase linda!!! Parabéns, Cadinho!

Bell disse...

Acho que todos nós somos assim como o Xamã =)

Elisabete disse...

Desejo-lhe um excelen te fim de semana!

dinapoetisadapaz disse...

Passando para agradecer o carinho da sua visita e comentário em meu blog. E aqui deleito-me com a beleza das telas. Parabéns!

Bom domngo! Saudações!