Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

quarta-feira, 28 de abril de 2010

PODER PERIGOSO

Quando a mentira impera...

PODER PERIGOSO

Não é possível para o mentiroso ser coerente com seu discurso. Sempre surge algo a contradizer, sempre surge algo a deformar o antes afirmado.

Não é próprio do mentiroso recuar, reconhecer ou reparar os danos causados por seu proceder marcado pela inconsequência. Muito antes pelo contrário. O mentiroso ao se dar conta de não ter como avançar naquela mentira, trata de criar outra na intenção de dispersar a primeira. Assim é que para o mentiroso a ilusão é alimento imprescindível para sua sobrevivência.

Triste é o agir de quem aplaude, apoia e estimula o mentiroso, por dar a ele motivo para que a mentira passe a ser a razão de ser de um poder tão fictício quanto perigoso.

Belo Horizonte, 28 abril 2010

CONSULTÓRIO SENTIMENTAL

Na praia, o consultório sentimental. Ela aparece desolada.

_ Já pensei em tudo e não consigo entender. Estou indo contra todos meus princípios e convicções. Ele é carinhoso, companheiro, amigo e dedicado. Um amigo, não passa de um amigo dez e poucos anos mais novo que eu. Uma criança linda e alegre que não pode passar de um amigo. Já pensei muito e não tenho como aceitar nenhum outro envolvimento. Mas sei estar evitando o que penso que poderá ser o inevitável. Por isso mesmo é que não tenho pensado em outra coisa. O que fazer?

Um amigo que não passa de um amigo, no mais das vezes é um amigo e pronto. O que não parece ser o caso. Uma vez entregue ao agir do pensar, você passa a confundir tudo. Não será melhor pensar em agir? Ao invés da diferença das idades, não será melhor encarar a semelhança das afinidades? Depois, é só afinar o desejo e viver a música do amor.

Belo Horizonte, 10 fevereiro 2001

4 comentários:

Ju Fuzetto disse...

"Mentir pra si mesmo é sempre a pior a mentira"


Adorei, bom dia amigo, abraço

Daniel Savio disse...

Cara a parte da mentira me lembra uma manobra por parte do pessoal de Brasilia, na qual eles lança algum projeto escandaloso para encubrir algum julgamento de algum politico safado...

Cara, tenho amigos mais novos do que (quase dez anos de diferença) e amigos mais velhos (quase vinte anos mais velhos do que eu)...

Então idade não conta para formar amizades.

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Sah disse...

Obrigada pelas visitas!
Bem, se ambos sao descompromissados, qual é o problema?Se ele fosse mais velho aposto que ela nao pensaria assim...uma pena!
abraços

Natália Malta disse...

E a pessoa fica neste círculo, pois a mentira é um vício! O pior de todos!

Já tô seguindo, gostei bastante dos seus textos!

:***