Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 3 de agosto de 2010

MARTINHA

Eis que surge Martinha

MARTINHA

Batistão oferece a João da Barra bicicleta simples, tal como é o próprio João da Barra que trata de batizá-la com o nome Marta, Martinha, Marta, Martinha que é nome bíblico, ela Marta irmã de Maria, ambas irmãs de Lázaro. Marta recebeu por algumas tantas vezes o Cristo em sua casa.

Batistão gostou do nome, mas insistiu em querer saber qual relação que João da Barra percebeu entre Marta e bicicleta.

É que, explicou João da Barra, Santa Marta é tida como a padroeira dos hotéis e pousadas ou, em outro sentido, do acolhimento. Batistão chegou com a bicicleta no dia 29 de julho, justo dia de Santa Marta. Bicicleta então sinaliza estima que é acolhimento e que nos remete a hospedar o amor e a amizade em nosso próprio ser, agir, ser, agir, ser...

Grussaí, 03 agosto 2010

MUDEZ DO PENSAMENTO

Momento de cansaço existe sim. Se não dá pra perceber, simples é sentir. Fôlego dá sinal, corpo reage diferente, vida assume outra fala.

Momento de cansaço existe sim. E não adianta resistência nem potência.

Momento de cansaço existe sim. É simples e evidente. Deixe heroísmo de lado, que potência tem sentido outro. E não me venha com arrogância, que sono é sinal de cansaço. Do contrário, dormir seria só fechar olhos.

Mesmo sendo Cavaleiro da Meia-Noite não há como esquivar-se do cansaço que existe sim e que na mudez do pensamento, mais cedo ou mais tarde acaba aparecendo.

Belo Horizonte, 12 janeiro 2002

8 comentários:

Pistoleiro Corvo disse...

Hahahah!
Simplesmente fabuloso!
Adorei..

Abraços!

HSLO disse...

o cansaço no derrota.

Valéria Sorohan disse...

Amei, amei e re-amei. É poesia pura embalada por canção de ninar. É um abrir de braços e dizer vem cá descançar, que beleza.

BeijooO

Deia disse...

Cansaço existem sim. E tentamos sempre nos esquivar dele. É bom que repousemos. Só assim o corpo e o espírito conseguem ser inteiros uma nova vez. Um beijo, Deia. Ah! E salve, Marta!

Ava disse...

Nada de resistência, cansaço existe sim! E nos pega meio desprevenidos, as vezes até tentamos lutar contra ele, mas ele é invencível. Casanço...

Querido amigo, não sei por que, tenho a sensação que sempte que preciso de voce, voce está longe...

Essas suas fugas para Grussaí me deixam sempre meio orfã...rs


Beijos e saudades minhas!

Magui disse...

E que aproveite bem a bicicleta.
Cansaço mental? Existe sim, oh se existe...

Marilu disse...

Olá querido amigo, adoro suas telas...lindíssimas...Beijocas

Ana Miranda disse...

"Nudez do pensamento".
A-do-rei isso!!!