Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

terça-feira, 30 de novembro de 2010

SIRI NO PUÇÁ

Nunca é demais mostrar a realidade de promessas não cumpridas e que não devem permanecer para todo sempre escondidas no tempo

SIRI NO PUÇÁ

Siri aparece no puçá lançado na beira do rio na beira do mar.

Siri pescado é bicho alimento, vida em ciclos que acontecem.

Rio que vai para o mar, siri que vem para o homem, tempo que passa e mostra o que em nós representa vida. Siri não sabe o que é puçá, nem percebe que ele existe, armadilha que captura o bicho. E assim é que qualquer um de nós, siris que somos, poderemos ignorar a existência dos puçás pensando que iscas não passam de alimentos saborosos e inofensivos.

Siri no puçá dá lição de vida justo quando caminha pra sua morte.

Belo Horionte, 30 novembro 2010

INTERESSES PUERIS

Cadê aqueles dez milhões de empregos prometidos e exaltados há dois anos atrás, para os quatro anos de um mandato que já passa da metade do seu período? O que já deveria representar ao menos cinco milhões de empregos, a rigor não chega a dois milhões e meio. O equívoco da promessa então, muito provavelmente não consegue responder sequer pela metade do seu propósito.

É assim que o desempenho identificado como sendo o da “esperança que venceu o medo” atua? Pois digo haver agora enorme risco medo de ficarmos com nossa esperança transformada em desespero, o que para muita gente já representa a própria realidade. E os discursos continuam exaltando o que não consegue chegar ao legítimo patamar da realidade. Não vai aqui nenhum discurso de oposição ou de qualquer outro posicionamento limitado à mera manobra política. O conteúdo deste dizer, clama sim por uma postura digna dos verdadeiros valores humanos, que superam em muito os ditados por questões políticas, econômicas e de outros tantos interesses tão pueris.

Belo Horizonte, 22 fevereiro 2005

13 comentários:

Marilu disse...

Querido amigo, tenha uma linda semana. Beijocas

Daniel Savio disse...

Mas então que não acabemos caindo nas armadilhas, seja na vida, ou nda politica...

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

Chica disse...

Promessas seeeeeeeeeeeeeeeempre são feitas, mas quasse nunca cumpridas!!!Vim agradecer teu carinho pelo niver!abraço e adorei esse boné pintadinho!chica

M. disse...

Do siri não falo.

Dos políticos? Ai se falasse...

Afrodite disse...

Infelizmente essa esperança já se transformou em PESADELO,isso sim!
Beijo amigo!
Afrodite

Thaís Livramento disse...

Vim te abraçar!
Bjbj,
TL.

Luna Sanchez disse...

Ando completamente descrente. =\

Um beijo.

ℓυηα

łuc¡คหค disse...

Oi Cadinho bem verdade teu comentário obrigada pela visita.
Bjs e boa tarde

gabriela marques. disse...

Como já diz o próprio Orkut: Promessas são dívidas não cumpridas.
Me faz perder o dia falar de política, pois pouco sei sobre ela... então deixaremos de lado.
Achei interessante a comparação do siri com o ciclo da vida, se pararmos para analisar também caminhamos para a morte... a cada dia em que ficamos mais vividos.

Um enorme beijo
Ótima semana a você.

Anne Lieri disse...

Cadinho,vim agradecer sua visita,pois perdi meus blogs e estou recomeçando.Que bom que me achou!Seu texto do siri comove pois,mesmo na hora da morte,é um animal valente,que dá exemplo de luta!Assim tb é o povo brasileiro que sabe das promessas não cumpridas e toca a vida do jeito que dá,pois é um povo trabalhador!Bjs

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

LINDOS BONÉS SÃO LINDOS COM CORES FORTES!

Katia Cristina disse...

Políticos só prometem, nunca cumprem!
Pena...

MariAne disse...

Ola
Agradeço tua visita e o apoio em As cores que sou.

Vejo que das cores entendes bem, lindo boné que tens!
Volto com mais tempo pra ler com a primazia que teus textos merecem.

Abraços
Mari