Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

ATOS SUSPEITOS

A ganância é uma merda

ATOS SUSPEITOS

Impressionante saber que em menos de 72H da maior calamidade já vivida pelo Brasil, haja atitude tão contundente.

O Prefeito de Teresópolis, Jorge Mário, do PT - Partido dos Trabalhadores, com base em sabe-se lá quais cálculos, anunciou precisar de R$580 milhões para recuperar seu município dos danos causados pelas chuvas. Numa segunda manifestação elevou valor para R$598 milhões.

O Governador do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral,do PMDB, Partido do Movimento Democrático Brasileiro, chegou à cifra de R$2 bilhões que serão necessários para recuperar a região serrana fluminense, sabe-se lá também baseado em que referência.

Esta mania de pensar no dinheiro pelo dinheiro diante de ocasiões que abrem espaço para as oportunidades é tão mesquinha quanto nefasta. Governantes que colocam o dinheiro sempre à frente das suas ações merecem ser fiscalizados com mais rigor porque além de levantarem suspeitas, fica no ar a sensação de que pelo dinheiro pretende-se compensar a incompetência.

Belo Horizonte, 21 janeiro 2011

DESTREZA

Perigo é o que mais tem na vida nossa de tantas ameaças brotadas de nossas dúvidas mais infantis. Tudo que pode ser perfeitamente superado pela fé, crença livre de qualquer limite a mostrar nossas tantas limitações.

Aí a expectativa dialoga com o patrocínio numa viagem de mensagens delicadas, muito delicadas. Mas a beleza da destreza do cavalo Noturno parece poder tudo. Cavalo apocalíptico?

Belo Horizonte, 21 janeiro 2006

10 comentários:

Bárbara Silva disse...

- obrigada pelos conselhos (:

Daniel Savio disse...

Rapaz, calculos para pedir dinheiro eles são craques, fato...

Mas usar o dinheiro de forma a minizar este gasto não.

Fique com Deus, menino Cadinho.
Um abraço.

disse...

triste, muito triste.

ju rigoni disse...

Muito bem colocado, Cadinho. Um pouco mais de vergonha não faria mal algum a certos homens. É um absurdo que ainda sejamos obrigados a assistir à mesma tragédia todos os anos com a certeza que tudo se resume ao interesse, ao dinheiro que a oportunidade pode representar.

Bjs e inté!

Wal disse...

Olá,vim agradecer o seu comentário e parabenizar pelas manifestações que faz contra as "loucuras organizadas".
Um ótimo fim de semana.Wal

Letícia G. Cruz disse...

Vou te dizer que nem Freud explica.
Parabéns por nos dar uma visão para analisar com mais precisão.
Até mais.
Bjs Bjs

Mulher na Polícia disse...

Caso de polícia!
Vê se pode...

E como essa tragédia está sendo explorada, né?

Nojo.

JuJu disse...

Antes do dinheiro, por favor os projetos. Pois para se recuperar toda aquela área é preciso um bom projeto.
...
Passe lá no meu blog e deixe seu comentário!!!

May disse...

Oiie,
Vim divulgar o Sorteio do meu blog
Uma Máscara Facial Hidratante e um Brinde Surpresa
Participe Clicando AQUI

Beijos Querida !

Dona Sra. Urtigão disse...

E a idéia (válida) de transformar o Vale do Cuiabá, totalmente devastado em um parque fluvial - seria ótima em si, não fosse um princípio: irão desapropriar e indenizar os ricos proprietarios de sítios e mansões que tiveram parte de seu patrimonio ( de uso para férias e lazer)destruido E desvalorizado por décadas...Qual o valo atribuido para indenizações ? Ah! Vou preferir não saber, já sinto raiva demais dessas coisas...