Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

segunda-feira, 2 de maio de 2011

JANELA FECHADA

Para abrir a janela basta querer.

JANELA FECHADA

Não dá pra passar a vida qual janela sempre fechada porque assim não damos permissão a passagens pra lá de importantes. Pela janela fechada não passa a luz, a imagem da paisagem fica obstruída, não há acesso para que experimentemos novas perspectivas.

Assim é Que acontece com os painéis Cadinho RoCo, óleo sobre tela, que necessitam de luz, ar e permissão para que possam exuberar todo esplendor das suas cores e formas. Sem estar com a janela aberta, o ser não permite, os painéis ficam escondidos, o mundo desaparece. Mas quando abrimos a janela do nosso próprio ser, tudo muda e passa a fazer com que sintamos o quanto há de encanto quando nos permitimos ao encantamento.

Os Painéis Cadinho RoCo são um convite a instantes de encantamento.

Belo Horizonte, 02 maio 2011

A MOLINHA

Molas existem de todos os tamanhos e para o mais diverso uso. Mas a mola que traz-me a este relato é das pequenas minúsculas. Se tivesse mais de meio centímetro seria gigantesca a tal molinha abrigada na pulseira de aço daquele relógio que adquiri faz muito tempo e que já não funciona nem sei desde quando.

Fui tirar a pulseira do relógio e tirei. Olhei para ele pela última vez, despedi e joguei-o no lixo. Já com a pulseira em mãos quis soltar peça servida para fechar a bendita.

Tudo numa velocidade de relâmpago. Molinha aliviada da pressão soltou saltou voou direto em meu olho direito, estalo seco e pronto. Susto sensação perdida em mim, eu a procurar a molinha. Achei-a, olho direito começou a arder, lente grudada nele reage.

Lavo as mãos para tirar a lente em contato com olho e eis que deparo com o ocorrido. A lente trincou, rachou. Tudo por causa de uma molinha de nada, menos de meio centímetro a proporcionar transtorno sem tamanho.

Belo Horizonte, 18 setembro 2007

6 comentários:

JuJu disse...

Sem falar que nada como a luz para nos fazer descobrir as coisas belas do mundo!...

P.S.: 03/05 é um dia importantíssimo para o meu blog. Por isso, conto com sua presença no Felis catus nessa data. Estou te esperando!

Anne disse...

Abrir a janela e deixar a luz entrar, eis o que tenho feito pra ficar feliz.

Beijos!

cris disse...

Abrir a janela, deixar a luz entrar e respirar o ar fresco!

Luma Rosa disse...

Abre a janela, Cadinho!! Assim você também "enxerga" o que está fazendo e não deixa a molinha aprontar!! Cuide-se!! Boa semana! Beijus,

Ana Miranda disse...

Como um gesto tão simples, esse de "abrir a janela", pode ser tão complicado quando estamos fechados para o mundo, não?
Prefiro manter minha janela sempre entreaberta, assim fica fácil escancará-la para se ter luz sempre...

Gabriela Orlandin disse...

Acho que precisava deste conselho de abrir a janela e deixar entrar a luz. Adorei.