Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 8 de maio de 2011

SOMOS DEPENDENTES

Ruim demais ficar sem comunicação

SOMOS DEPENDENTES

Uma vez obstruído da comunicação, por estar o computador com algum problema técnico, aguardo no silencio dos dias, momento que possa brotar em solução.

Não temos como não depender de ninguém e isso faz com que nem sempre consigamos aquilo que queremos. Razão para que experimentemos a humildade e a paciência a fazer com que percebamos que a vida não é só encanto e nem tão pouco facilidade. Por isso é que precisamos enfrentar momentos mais ou menos delicados para que possamos superar aquilo que trava o nosso agir.

É pela perseverança que podemos mais e que nos dá a condição de administrar nossas tantas dependências.

Belo Horizonte, 08 maio 2011

AUSÊNCIA DO AMOR

Aquele que coloca-se insaciável sofre da ausência do amor. Tenta caminho e outro, mas permanece perdido em si mesmo. Grita esbraveja para que seja ouvido, porque nãconsegue suportar a sua própria surdez.

É intrigante perceber a aflição que vem da ausência do amor. É mato que invade plantação, é veneno que ameaça a própria vida. Por força da indolência, a ausência do amor está sempre em contradição, por dizer daquilo que não acredita, por seguir sempre e cada vez mais em sentido contrário. É ir rio acima na intenção de querer o mar, eis rumo assumido pela ausência do amor.

Belo Horizonte, 24 outubro 2007

2 comentários:

gui-gui gomes disse...

Já cantou Renato Russo:"Ainda que eu fasse a língua dos homens e falasse a língua dos anjos, sem amor eu nada seria".

Simone Martins2 disse...

Boa noite, que a contradição em nome do amor valha a pena sempre...pois e no esquecimento das traiçoes que amamos uma segunda vez e quem sabe, pra valer...abraços