Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

domingo, 22 de janeiro de 2012

LIMITAÇÕES

Difícil demais ter que segurar o que queremos libertar
LIMITAÇÕES
Já não escondo meu cansaço, indisposição que vem a mim exige reações e resistência que nem sei mais possuir. O cansaço estimula o desalento e o desalento provoca nervos vivos, muito vivos em mm.
Pra ser bem franco minha criatividade de tão verdadeira que é, não consegue ser cínica, ou até mesmo fria com relação à realidade da sua existência em mim. Por isso mesmo é que da realidade obtenho relato do que vivo e do passa a aprisionar meu ser em severas limitações.
Belo Horizonte, 22 janeiro 2012
EIS O MOMENTO
Chega um momento que não dá mais para brincar com a vida. Chega um momento que é preciso ter a consciência do querer bem acordada e pronta ao nosso agir. Chega um momento que somos buscados por nós mesmos sem termos mais como alimentar orgulhos e vaidades infantis em que por força do capricho nutrimos tantas recusas bestiais.
Não dá para simplesmente sairmos por aí culpando o mundo do que de fato deixamos de fazer. A nossa capacidade de superar o adverso e de reverter a desavença é enorme e fica maior ainda quando então percebemos que pelo amor podemos mais.
João da Barra ainda acrescenta a esse dizer a afirmação de que a vida sem amor não consegue escapar dos seus próprios conflitos.
Belo Horizonte, 05 janeiro 2010

4 comentários:

{Λїtą}_ŞT disse...

Perfeito! Lindo, verdadeiro e providencial.
Tenha uma semana de muita paz, luz, alegrias e boas surpresas.
Em cada dia vêm novas oportunidades.
Aproveite cada uma delas.
Beijos.

{Λїtą}_ŞT

Vanessa Barbosa. disse...

Cadinho querido, hoje o DF completa 3 anos lindos de amizade e dedicação, gostaria que voce fizesse parte desta festa, afinal está junto a mim desde o começa. Um beijo.

Sorry i cant fly... disse...

Com amor tudo já é tão difícil. Sem ele morremos de vez. Agradeço a visita em meu blog e aproveito para navegar e saborear seu espaço.
Bjlhões.

Bianca disse...

Com o amor tudo é com,plicado, sem ele tudo é impossível...Estamos fadados a isso!