Cadinho RoCo – Jeito outro de ler e pintar a vida.

Estréia oficial do Blog – 27 novembro 2006

sábado, 2 de junho de 2018

JEITO MEU






JEITO MEU
De tanto pensar
Resolvi desarmar
Caçada e caminhar
Ao livre e solto vagar.
Poesia e soneto
Que também é folheto
Que também é jeito
Meu de viver com respeito
Ao que carrego
Cultivo e rego
Horta que entrego
Em forma de alimento
Extraído de cada momento
Em forma de sentimento.

Belo Horizonte, 02 junho 2018
ABERRAÇÃO
     Chega a ser vergonhoso o que fazem com as programações locais das emissoras de rádio e televisão radicadas em Belo Horizonte. Enorme irresponsabilidade coletiva assumida por direções só interessadas no dinheiro lucro de uma comercialização não menos caótica. Diante da mais completa ausência estética e ética de apresentações inteiras, a população de Belo Horizonte convive com o absurdo que é não terem o menor respeito por um trabalho exercido por estagiários aprendizes que ao tornarem-se profissionais, estarão no mais solene olho da rua. Isso para não citar os aventureiros.
     São raras, para não dizer raríssimas, as exceções do que tornou-se comum nas emissoras de rádio e televisão instaladas em Belo Horizonte. Noticiários com matérias viciadas, entrevistas entregues ao lugar comum de questionamentos estéreis, jornalistas comentando até boletins de previsão do tempo, reportagens idiotas e por aí afora. Da autoajuda aos temas religiosos, tudo parece entregue a uma assustadora falta de compromisso com elementos primários exigidos por qualquer trabalho dito sério.
     Patrocinar o que está acontecendo nessas emissoras, em Belo Horizonte, passa a ser algo perigoso. O desprezo assumido por essas empresas aos profissionais com capacidade e experiência para o exercício de suas funções é lastimável. Resta então a conivência com pessoas sem a menor autocrítica a contribuírem para o péssimo padrão de qualidade do que tem sido feito por aí. É mesmo uma aberração o que fazem as emissoras de rádio e televisão na capital de Minas Gerais.
Belo Horizonte, 31 maio 2005

2 comentários:

Os olhares da Gracinha! disse...

É o MUNDO que temos e que não desejamos!
Politicamente incorreto ... é o que mais se vê e se sente mas ... haja esperança pois enquanto ela existir ... nós sentiremos vontade de VIVER!
Bom fim de semana!!!

Lucia Silva disse...

Seus textos estão explicitando uma situação que está se tornando comum no Brasil e no mundo. Mas esse "Jeito Meu" é encantador!
Beijos carinhosos!